Vem aí a Copa Cidade Montes Claros de Handebol!

Está quase tudo pronto para a Copa Cidade Montes Claros de Handebol, que contecerá entre os dias 13 a 15 de maio, em disputas que reúnem quatro equipes participantes, divididas nossas equipes masculina e feminina. Não estão nos tempos de páreo de Montes Claros, Janaúba, Bocaiuva e Pirapora. Entre os homens estão os anfitriões do Montes Claros Handebol, a ADH, a ADESB e o Handpira. Já as mulheres contarão com o Júnior e o Mestre do Montes Claros Handebol, o Handpira e as meninas das Divas.

Os jogos serão realizados no ginásio Ana Lopes e conta com o apoio da Secretaria de Esportes e Juventude, o Portal Webterra e a Prefeitura de Montes Claros. A realização do evento é da Associação Educacional, Esportiva e Social do Brasil (AEESB) em conjunto com a Federação Mineira de Handebol (FMH). A entrada para acompanhar os confrontos é franca.

O torneio será disputado em formato de rodízio, quando todos os oponentes se encontrarem. O valor e vice-nomes. Para conhecer melhor os times participantes e cada representante da volta dos torneios, separamos algumas informações abaixo. Confira:

MONTES CLAROS HANDEBOL

Iniciado em 2003, o projeto é conhecido por revelar grandes atletas. Em 2022, o Júnior-mineiro retorna às atividades busça e preserva a modalidade norte mais país, país dar também ao trabalho décadas e contestar as principais do estado nas categorias. Confira a história completa.

Um gestor gestora do Montes Claro assumiu a América Vôlei e agora o Montes Claros Handebol, se filiado à Federação Mineira está junto com o grupo gestor técnico, que há anos vem trabalhando nas quadras.

Lucas Nascimento Nagem é formador de equipa e tem grandes expectativas. “A copa será importante para fomentar novamente o esporte na região. Muito tempo muitos campeonatos de handebol no Norte de Minas, com apenas algumas copas esporádicas. Montes Claros ficou entre os anos de muito tempo em países de nível adulto. Um atrapalho pandêmico demais. Agora, com o retorno dos treinos, um projeto forte, esse campeonato vai ajudar demais a evolução da equipe. Espero que haja uma grande competição para todas as equipes participantes”, enfatizou.

DIVAS – MONTE CLAROS

As meninas das Divas são amantes do handebol e ex-atletas, que jogam na adolescência. Segundo a coordenadora Mercês Silva, o intuito do tempo é proporcionar lazer e bem-estar aos participantes. Elas treinam na quadra do Bairro Cristo Rey, todas as quintas, das 19h às 20h.

Hoje, o grupo tem em mídia 40 funcionários também há mais de seis anos. A nossa cidade é muito carente de esportes de modo geral. Não há incentivo, principalmente, para o handebol, que sempre foi uma modalidade de destaque no celeiro nacional. Parabenizo a associação pelo incentivo ao esporte e realização do evento”, destacou.

HANDPIRA – PIRAPORA

O Handebol Piraporense atua desde a década de 80, participando de competições locais com grandes atletismos que marcaram a época. Nos últimos anos, devido às dificuldades, entre eles, a prática do esporte quase pandemia da cidade.

Frente a todas as barreiras e com o apoio dos apaixonados pela modalidade e integrantes da velha guarda, existência o renascimento. No primeiro momento, a ideia era apenas para recreação, em uma união que marcou o reencontro de ex-atletas. No entanto, com o crescimento da procura por novos desportistas o que era algo meramente recriativo precisoou crescer. E, assim, deu início ao novo sonho da Associação de Handebol de Pirapora (Handpira), que se juntou em novembro de 2021.

Segundo a atleta Ellen Christina Leite, o retorno dos países passa pelo pelo social, pois ela credita que o esporte é visto como uma das maiores armas do estado para combater a criminalidade, a marginalidade e proporcionar uma inclusão social.

“Sob o ponto de vista do entretenimento e da cultura, propicia a interação de pessoas que todos para o mesmo fim, de maneira saudável e acarretando na questão. Uma competição de esporte move aquele município ou local de tal maneira que as pessoas trabalham para atender aquele evento. Cria e gera renda para o pessoal. Em suma, o retorno dos países para a nossa região é muito amplo já que atende a vários aspectos, que a sociedade requer”, disse.

ADESB SAGA BRASIL – BOCAIUVA

Uma equipe de fé criada em 2018 da reunião de amigos ADESB SA da associação para o engrandecimento, em um esporte que oferecia diversão, atividade física e integração entre os mais diferentes perfis.

Em 12 de junho de 2003, através dos professores de educação física Jânio e Gaspar, e do aluno Diógenes Carlos, Projeto Handebol Gastão Valle Faith fundado com o intuito de fomentar a modidade entre os alunos da Escola Estadual Professor Gastão Valle e stimulando a prática esportiva . Ao longo de mais de 15 anos de história, o projeto esperado cerca de 800 crianças e adolescentes. Nossos primeiros passos, o trabalho era de escola. Em seguida, a partir de 2008 a fé expandindo e tornou-se um projeto de destaque no município de Bocaiuva – MG.

AMIGOS DO HANDEBOL (ADH) – JANAÚBA

Os Amigos do Handebol de Janaúba é uma mescla de ex-atletas gorutubanos e montes-clarenses, que foram treinados pela ex-goleira Francis Almeida. Em 2 boa parte13, já havia parado de jogar por não países, Francis0 jogava parte para promover copas regionais. Foi de olho no campeonato que três amigos se juntaram após um bate-papo para participarem. Apaixonados pela modalidade, o intuito era manter a prática saudável e tentar ajustar para adequar nos campeonatos.

Lacy Faith técnico, como jogador e hoje é árbitro. Atualmente, ele está em outra categoria e vivencia de novo a modalidade. É uma fome exagerada pela prática, segundo o cofundador.

“É uma expectativa muito grande a volta dos países, principalmente do handebol aqui na nossa região do Norte de Minas, que é bem carente de eventos e investimentos. Mas, tem uma fartura muito grande de atletas de qualidade. Acabamos gerando sem se destacar por falta de investimento. Espero que as pessoas possam usufruir deste momento. Que daqui para frente participar e sediar vários eventos, e que o handebol seja cada vez mais destaque. Vivemos em um onde o futebolina, precisamos divulgar para que as pessoas reconheçam o país mais e mais praticantes”, disse.

A tabela de jogos será divulgada nos dias divulgados pela organização do evento.

Leave a Reply

Your email address will not be published.