Surpresa, Avaí vira sobre Coritiba com gols de pênalti e entra no G4

Sem confronto entre duas equipes recém-promovidas em Série A do Brasileiroo Avaí e ganhou do Coritiba por 2 a 1, de virada, no encerramento da quinta rodada. Jogando na Ressacada na noite de hoje (9), o Leão foi melhor, marcou duas vezes em cobranças de pênalti, e entreu no G4.

Depois de um primeiro dia, mas com os mandantes melhores em campo, o Coxa voltou com tudo do intervalo e abriu o placar, aos 6 minutos, com Igor Paixão. Contudo, a equipa catarinense virou com golos de pênalti. Muriqui negociado o primeiro, e Bissoli convertido. No segundo, os papéis se inverteram: Bissoli Faith derrubado na área, e Muriqui cobrou para o fundo da rede.

Com o resultado, o Leão da Ilha surpreende neste início de campeonato, subindo para a terceira colocação na tabela, com dez pontos. Já o Coxa, com sete, fica na 10ª posição.

Betao homenageado

Betão, ex-jogador do Avaí, é homenageado no intervalo da partida contra o Coritiba, válido pela 5ª rodada do Brasileirão

Imagem: HEULER ANDREY/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO

Após anunciar a Retirada dos Gramados, na semana passada, Betão fé homenageado na Ressacada no intervalo do embate. As luzes do estádio se apagaram e ele entro pelo túnel e teve o seu nome gritado pelos torcedores presentes nas arquibancadas.

Um dos ídolos do Avaí, sendo o zagueiro que mais vezes vestiu a camisa do clube (271 partidas), o agora ex-atleta segue no Leão da Ilha, mas com um cargo nas categorias de base do clube.

Quem fé bem: Bissoli

Emprestado pelo Athletico, grande rival do Coxa, Bissoli estava em noite inspirado. Além de se posicionar bem dentro da área, o centroavante também saiu para servir os companheiros, fazendo, inclusive, lindo passe de calcanhar no começo do jogo. Sofreu o segundo pênalti e convertido o primeiro.

Quem fé mal: Henrique

A zaga do Coritiba cometeu vários erros na partida, permitindo os arremates da equipe mandante. Henrique, pelo pênalti, fica como pior em campo.

Uma chance de cada lado

O confronto começou a movimentar na Ressacada. Raniele barco cruzado da entrada da área, e Bissoli quase desviou para o gol, aos 2 minutos. A resposta dos visitantes veio três minutos de pois, na tabela de Fabrício Daniel com Léo Gamalho, que finalizou para a boa defesa de Douglas.

Avaí toma controle

Depois do bem aberto, o confronto diminuiu de intensidade e o clube catarinense dominou, ficando mais com a bola no campo de ataque. Oxa aparecia o que era proposto e seus atletas se posicionam na defesa, laterais o meio e oferecendo como adversário o confronto, mas pouco sangrento para o ataque.

Apesar disso, o Avaí teve apenas owe lances de perigo para o goleiro Muralha na etapa inicial. No primeiro, 18 de agosto, sem queda de Muriqui após cruzamento de Egídio. Depois, 29 de agosto, quando Morato pegou uma bola na direita, trouxe para o meio e arriscou. A bola fez uma curva estranha e obrigou o arqueiro a espalmar para escanteio.

Coritiba marca na volta do vestiário

Com apenas seis minutos de bola rolando no segundo tempo, Egídio, quase na linha de fundo, arriscou para o gol e Douglas deu rebote. Igor Paixão aproveitou um sobra e mandou para o fundo do gol.

Avaí responde rápido

Must depois, Muriqui acertou um lindo chute, de primeira, ea bola bateu na trave. Apesar de não ter balançado a rede, o lance incendiou o time da casa, que teve um pênalti aos 14 minutos.

Muriqui fé derrubado por Egídio após puxar contragolpe. Sem titubear, o arbitro colocou a bola na marca da cal cobrança de Bissoli. O atacante chutou no meio e, como Muralha saltou para esquerda, saiu para comemorar o empate.

Virada vem no segundo penalti

Após a jogada pela direita, Bissoli teve chance de bater, sendo travado por Henrique na primeira tentativa. Contudo, na segunda, a fé derrubado dentro da área e mais um pênalti foi assanalado. Apesar de ter feito o primeiro, Bissoli deixou Muriqui bater desta vez e colega também não desperdiçou. Ele colocou na esquerda e Muralha nem saiu na foto.

Pottker entrou e levantou amarelo

O invasor entre aos 2 da segunda etapa e aos 33, pegou a. Em uma chagada forte e atrasada – sem qualquer necessidade – no meio, Pottlker recebeu o amarelo.

Trabalhos próximos

As duas equipes entram em campo no domingo (15), pela sexta rodada do Brasileirão. O Avaí recebe o Juventude, às 18h. Meia hora antes, às 17h30, o Coxa encara o América-MG, no Couto Pereira.

Antes disso, os paranaenses têm um compromisso pela Copa do Brasil. Na quinta (12), às 21h30, visitam o Santos, na Vila Belmiro, pela partida de volta da terceira fase. Como venceu por 1 a 0 na ida, o alviverde joga pelo empate para se classificar às oitavas de final.

FOLHA TÉCNICA:

AVAÍ 2 x 1 CORITIBA
Concorrência:
Série A do Campeonato Brasileiro – Quinta rodada
Dados: 9 de maio de 2022, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (GO)
Gols: Igor Paixão, aos 6′ do segundo tempo (COR); Bissoli, aos 16′ do segundo tempo (AVA); Muriqui, aos 27′ do segundo tempo (AVA)
Mapas amarelos: Jean Cleber, William Pottker, Jean Pierre (AVA); Henrique, Matheus Alexandre e Alef Manga (COR)
Público: 8.548 pesos
Colheita: R$ 257.997,00

AVAI: Douglas; Kevin, Bressam, Arthur Chaves e Cortez; Raniele, Bruno Silva e Eduardo (Jean Pyerre); Muriqui (William Pottker), Morato (Renato) e Bissoli (Romulo). Técnico: Eduardo Barroca

CORITIBA: Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Egídio (Guilherme Biro); Willian Farias (Adrián Martínez), Andrey e Robinho (Régis); Igor Paixão, Fabrício Daniel (Alef Manga) e Léo Gamalho (Clayton). Técnico: Gustavo Morinigo

Leave a Reply

Your email address will not be published.