Sledge tem flashes, mas perder para Ankalaev é complicado no UFC

T. Marreta (esquerda) foi ultrapassado por M. Ankalaev (direita) no UFC Las Vegas 50. Foto: Reprodução/Instagram

Thiago Marreta tentou mas falhou. No confronto que poderia confirmar sua recuperação nos meio-pesados ​​(até 93 kg.) do Ultimate, o brasileiro não conseguiu superar Magomed Ankalaev. Na luta principal UFC Las Vegas 50, realizado neste sábado (12), o atleta brasileiro viveu bons momentos, mas acabou sucumbindo ao máximo de precisão e estratégia de seu adversário. Após cinco rodadas, o russo foi declarado vencedor por decisão unânime dos juízes.

Pressionado por um resultado positivo, Marreta volta a lutar na divisão até 93kg. Agora, o ex-desafiante pelo cinturão do grupo tem quatro derrotas nas últimas cinco lutas. Além do novo empecilho, o brasileiro deve perder a quinta posição para o rival na categoria liderada por Glover Teixeira.

Obedecendo à estratégia delineada para o UFC Las Vegas 50, Ankalaev fez a aposta final em seu talento. O triunfo sobre os tupiniquim permitiu ao russo atingir a marca de oito vitórias consecutivas. O lutador agora pode chegar ao top 5 da divisão.

A luta

O confronto começou com os atletas se estudando no centro do octógono. Ankalaev deu o primeiro golpe, com um chute rasteiro, e o brasileiro respondeu na mesma moeda. Depois de quase dois minutos, Thiago balançou após receber um chute do russo. O brasileiro chutou, mas acabou recebendo outro cruzamento limpo no queixo. Magomed aposta no contra-ataque e acerta o tupiniquim após seus ataques. No último minuto, a luta ainda estava tensa e os atletas buscavam o melhor momento para atacar. A primeira etapa terminou com os atletas trocando chutes próximos às barras.

No jogo de volta, Thiago tomou a iniciativa com chutes no joelho do rival. O brasileiro tentava se libertar, mas o russo ainda era perigoso em suas respostas. O tupiniquim começou a inchar no embate, desferindo chutes na base e na área da cabeça do russo. Ankalaev, no entanto, não se intimidou e tentou contornar Sledge perto das barras. No último minuto, Magomed acertou um cruzamento e um chute na cintura do brasileiro. Sledge respondeu com um gancho de direita. A luta continuou a ganhar elementos de tensão, com os lutadores em busca do nocaute. Nos últimos segundos, Thiago conseguiu sacudir o adversário com um cruzamento franco. O brasileiro entrou correndo e tentou aproveitar o bom momento, mas não deu tempo.

O terceiro round começou com Marreta dando um chute rasteiro. Magomed respondeu com um cruzamento. O brasileiro tentou minar a base adversária, mas Ankalaev continuou avançando. No meio do round, os atletas foram para a luta livre e buscaram o nocaute. No minuto final, Marreta arriscou um direto, mas acabou sendo surpreendido pelo adversário com um cruzamento, mas o cronômetro acabou.

No quarto round, Thiago subiu e chegou a sacudir o adversário com uma joelhada voadora. Ankalaev se recuperou e retornou com duas sequências. Sledge respondeu com um direto e tentou fugir das barras. Quase na metade do round, os lutadores trocaram cruzamentos, mas não reconheceram os ataques. A dois minutos do final da etapa, Magomed tentou contornar o adversário, mas Thiago continuou lançando ataques perigosos. No último minuto, o russo foi para o clinche e tentou derrubar o brasileiro. Contra as grades, Sledge se protegeu, mas acabou sendo derrubado. Por cima, Ankalaev jogou os cotovelos no chão e bateu. Em posição de desvantagem, os tupiniquim acabam sendo salvos pelo gongo.

A rodada final começou com Ankalaev lançando o primeiro ataque, com um chute no joelho do brasileiro. Sledge respondeu na mesma moeda. Thiago arriscou uma combinação de direita e cruzamento, mas o segundo chute acabou vazio. No meio da etapa, o russo foi para o clinche e acertou Thiago contra as barras. No último minuto, o tupiniquim ainda estava sob pressão do rival e não conseguiu se libertar. O embate continuou com os atletas na “luta de pegada”, até o gongo soar.

Resultados do UFC Las Vegas 50

CARTÃO PRINCIPAL

Peso leve (até 93 kg.): Magomed Ankalaev derrotado Thiago Marreta na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 48-47)

Peso do galo (até 61,2 kg.): Canção Yadong derrotado Marlon Moraes por nocaute 2m06s de R1

Peso pena (até 65,7 kg.): Sodiq Yusuf derrotado Alex Cáceres na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso leve (até 93 kg.): Khalil Routree derrotado Karl Roberson por nocaute técnico aos 25s. de R2

Peso leve (até 70,3 kg.): Desenhado bem derrotado Terrance McKinney por nocaute técnico a 3m17s do R1

Peso médio (até 83,9 kg.): Alex Poatan derrotado Bruno Blindado na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

MAPA PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77 kg.): Matthew Semelsberger derrotado AJ Fletcher na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7 kg.): JJ Aldrich derrotado Gillian Robertson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso do galo (até 61,2 kg.): Javid Basharat derrotado Trevin Jones na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pena (até 65,7 kg.): Damon Jackson concluído Kamuela Kirk com um katagatame 4m42s de R2

Peso mosca (até 56,7 kg.): Miranda Maverick concluído Sabina Mazo com estrangulamento traseiro 2m15s de R2

Peso médio (até 83,9 kg.): Cody Brundage concluído Dalcha Lungiambula com uma guilhotina 3m41s de R1

Peso do galo (até 61,2 kg.): Guido Canetti derrotado Kris Moutinho por nocaute técnico aos 2m07s do R1

Peso leve (até 93 kg.): Azamat Murzakanov derrotado Tafon Nchukwi por TKO em 44 segundos. por R3

Leave a Reply

Your email address will not be published.