São Paulo vence Santos no Morumbi com polêmica e gols de Calleri e Luciano – 02/05/2022

O São Paulo manteve o bom momento no Morumbi ao enfrentar o Santos, hoje (2), pela quarta rodada do Brasileirão. Os gols de Calleri e Luciano, na vitória por 2 a 1, fizeram com que o time conquistou seu oitavo triunfo seguido dentro de seu estádio na temporada.

A vitória-paulina começou a ser construída logo após 10 minutos de jogo, quando Calleri aproveitou-se ao cruzamento de Patrick e balançou como redes. Pouco antes do intervalo, Marcos Leonardo aproveitou a falha de Jandrei para empatar a partida.

O gol definitivo saiu aos 36 minutos da etapa, quando Charles Hembert, auxiliar do suspenso Rogério Ceni, já havia colocado Luciano em campo. O camisa 1 xodó, convertido o penalti da torcida por Rodrigo Fernandez.

O Santos reclamou muito da origem do lance, argumento que o lateral marcado para o São Paulo era, na verdade, para a equipe alvinegra. No momento da jogada, o auxiliar a sinalizar que a bola santista, mas o quarto chegou designado para Leandro Pedro Vuaden que a posse deveria ser são-paulina.

O resultado deixa as duas equipes com sete pontos. Por ter um saldo de gols melhor, o São Paulo Faith para o quinto lugar, o Santos uma posição abaixo.

ao vivo de sao paulo

Vivo dos Santos

O que vem agora

As duas equipes agora voltam como atenções para a disputa da Copa Sul-Americana. Na quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), onde São Paulo visitou o Everton, no Chile. Mas demore no mesmo dia, às 21h30, o Santos vai ao Equador encarar a Universidad Católica.

O melhor: Patrick

Mesmo tendo atuado por apenas 45 minutos, o meia fé importante para a vitória são-paulina. Faith deletou o cruzamento para o gol de Jonathan Calleri. Com facilidade para jogar às costas de Madson, Patrick criou outra chance perigosa antes de ser substituído por Alisson.

O pior: Madson

O camisa 13 teve muitas dificuldades para conter as subidas de Patrick no primeiro tempo. Pelas suas costas, o meia do São Paulo quase fez o segundo gol do São Paulo. Antes, na decisão do lado de entrar na área, teve muito tempo para cruzar na cabeça de Calleri, que abriu o placar. No segundo tempo, mesmo com a saída de Patrick, Madson continua lutando com as subidas de Welington e Alisson.

Cronologia do jogo

O São Paulo abriu o placar aos nove minutos, quando Patrick recebeu com liberdade e cruzou na cabeça de Calleri, que apareceu sozinho entre Velázquez e Lucas Pires par João Paulo. Quando a partida parecia caminhar para o intervalo com vitória, batista deixou Welington no parcial e cruzou para Marcos Leonardo impulsor para o Gol aos 45. Jand desvioreiu, mas não conseguiu afastar o perigo.

No segundo segundo Luciano com perfeição o pênalti tempo por Rodrigo Fernández convertê-lo em 36 minutos. O goleiro João Paulo acertou o canto, mas a bola foi no ângulo.

As Mudanças de Bustos

O técnico do Santos mexeu bastante no time para o clássico. O atacante Ângelo, lesionado, deu lugar ao lateral-esquerdo Felipe Jonatan improvisado no meio-campo. A fé de Bauermann substituiu Velázquez. Léo Baptistão (poupado) e Marcos Leonardo (suspenso) ocuparam as vagas que foram de Ricardo Goulart e Bryan Angulo na Sul-Americana. O esquema de fé do 4-2-4 para 4-1-2-1-2.

A formação se assemelhou à do São Paulo, que atua em um 4-1-3-2. Pensando no poder aéreo do Santos, os donos da casa começaram o jogo com Andrés Colorado, 1,93m, como titular no lugar de Pablo Maia, 1,78m.

Madson x Patrick

O primeiro tempo teve um duelo desigual entre o lateral Madson e a meia Patrick. Mesmo sem ser um jogador de velocidade, o jogador de São Paulo superou ou oferece mais uma vez em jogadas de contra-ataque.

Com a bola no pé, Patrick aproveitou o espaço dado por Madson na lateral para cruzar com perfeição, aos 10 minutos, para Calleri cabecear e abrir o placar para São Paulo. Nas costas do mesmo Madson, Patrick por muito pouco não ampliou o marcador aos 36 minutos. Rodrigo Nestor cruzou na área, o meia são-paulino sofria mas o que ocorria e cabeceou para fora.

Uma disputa terminou sem intervalo. O São Paulo voltou para o segundo tempo com Alisson no lugar de Patrick.

Treinadores fazem novo duelo tático no segundo tempo

Depois de um primeiro tempo que terminou empatado, Fabián Bustos e Charles Hembert promovem as táticas na segunda etapa. Pelo lado de Santos, pelo lado de Felipe Jonatan, Julio, para jogar como J de Willian Maranhão e Lucas Braga, com saídas muito voadoras e muito ofensivas, com entrada o fato de espaço que o São Paulo tinha pelas laterais.

Pelo lado tricolor, como foram mantidos o esquema tático. Andrés Colorado e Eder saíram para as entradas de Marquinhos e Luciano. Com isso, Igor Gomes recebeu fé para uma função de volante, qualificando a saída de bola da equipe.

Na parte ofensiva, Marquinhos assumiu o espaço por perto de Igor Gomes, enquanto Luciano passou a fazer a função que era Eder.

Penalti decisivo irrita o Santos

O São Paulo cruzou depois o Gol da Vitória pé de Lucia Fernandez impedir um com o braço. A reclamação de Santos, no entanto, aconteceu no início da execução.

A disputa de bola entre Alisson e Marcos Leonardo, ainda no meio de campo, deixou dúvida sobre quem seria a posse de bola. , o auxiliar que era de Santos, mas o quarto esboço e o início e o início indicaram que era para São Paulo. Alisson cobrou rapidamente e gerou uma jogada do pênalti.

Assim que a fé pênalti se confirmou, Fabián Bustos ficou muito irritado à beira do gramado. O treinador gesticulou com as mãos e chegou a chutar os copos de água posicionados na área técnica.

O jogo do São Paulo: muito volume, mas poucas chances claras

Os espaços de dados pelo Santos permitem que o São Paulo explore as laterais ao longo de toda a partida. No primeiro tempo, Patrick levou grande vantagem para cima de Madson e, por ali, cruzou para o gol de Calleri. Apesar do controle do jogo, o tempo do Morumbi criou poucas chances que obrigaram João Paulo a fazer grandes defesas.

No segundo tempo, a mudança de tempo de Santos não foi o suficiente para tirar o controle da partida de São Paulo. A equipe de Hembert apostando dessa maneira nos cruzamentos e, vitória que Calli converteu eu para garantir a estrada.

Jogo do Santos: postura defensiva custa caro

O Peixe de três volantes ficou muito atrás no Morumbi. No primeiro tempo, o clube da Vila Belmiro praticamente dá assistência ao São Paulo. Na final, os Santos estiveram melhor posicionados para os contra-ataques, mas o penalti algo acaboutta por Rodrigo Fernánque chance de mudança.

Homenagem ao Hernanes

Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

As horas que antecederam o início do jogo foram as homenagens para Hernanes. Revelado nas categorias de base de São Paulo, o “Profeta” anunciou hoje sua aposentadoria do futebol americano.

Antes de a bola rolar, ele recebeu um lugar das mãos do presidente Julio Casares e do diretor de futebol, Carlos Belmonte, e sofreu ao gramado para ser ovacionado pela torcida. Depois de uma caminhada ao redor do campo, Hernanes se ajoelhou para beijar o símbolo de São Paulo.

FOLHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 SANTOS

Concorrência: Brasileirao (4ª rodada)
Data e hora: 2 de maio de 2022, às 20h (de Brasília)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Público: 36.746 páginas
Renda: R$ 1.581.896,00
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (ambos RS)
VAR: Pablo Ramón Gonçalves Pinheiro (RN)
Gols: Calleri (10’/1ºT) e Luciano (36’/2ºT), para o São Paulo; Marcos Leonardo (46’/1ºT), para o Santos
Mapas amarelos: Alisson, Rafinha e Charles Hembert, pelo São Paulo; Marcos Leonardo, Madson, Rodrigo Fernandez, Lucas Pires e Fabian Bustos, pelo Santos
Cartões Vermelhos:

São Paulo: Jandrei; Rafinha (Igor Vinícius), Arboleda, Diego Costa, Welington; Colorado (Luciano), Igor Gomes, Nestor (Pablo Maia), Patrick (Alisson); Eder (Marquinhos) e Calleri. Técnico: Charles Hembert (auxiliar).

Santos: João Paulo, Madson, Maicon, Emiliano Velázquez e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Vinicius Zanocelo (Angulo), Felipe Jonatan (Lucas Braga) e Jhojan Julio (Willian Maranhão); Leo Baptistão (Ricardo Goulart) e Marcos Leonardo. Técnico: Fabiano Bustos

Leave a Reply

Your email address will not be published.