São Paulo sai na frente, mas lanterna Fortaleza empata com golaço

São Paulo e Fortaleza fizeram uma partida equilibrada na noite de hoje (8), pela quinta rodada do Brasileirão, e o resultado fez jus ao que se viu na Arena Castelão: 1 a 1. Os gols foram marcados por Luciano e Yago Pikachu.

O resultado levou o Tricolor Paulista na quinta posição, com oito pontos, confirmado após o Internacional sofrer o empate nossos acréscimos no clássico diante do Juventude. Enquanto isso, o Leão do Pici, que garantieu seu primeiro ponto, ainda segura a lanterna da Série A.

O tricolor volta a campo na próxima quinta-feira (12), pela terceira fase da Copa do Brasil. Às 19h (horário de Brasília), o cearense visitou o Vitória, em Salvador, após vitória por 3 a 0 na ida. O paulista recebe o Juventude no Morumbi, às 19h30, de empatar por 2 a 2 no Alfredo

ao vivo de sao paulo

Quem fé bem: Igor Gomes

Igor Gomes tem sido importante peça de Rogério Ceni na marcação pelo Tricolor Paulista, como fé diante do Fortaleza. Na noite de hoje, foi além: com um passe perfeito em profundidade, encontrado uma passagem perfeita em uma grande área em que os são-paulinos sofriam para criar boas oportunidades, e a camisa 11 só teve o trabalho de tocar na saída de Max Walef.

Quem Faith Evil: Alisson

Quando colaborou na marcação, Alisson colaborou a equipe são-pau a segurar os avanços. Mas, ofensivamente, o meia-atacante teve atuação apagada. Nas duas vezes que teve boas oportunidades, chutou fraco e desperdiçou a primeira, e não chegou a tempo de finalizar a segunda na cara do gol.

Fortaleza ataca mas, mas peca na pontaria

O Fortaleza começou o jogo com superioridade e ocupou o campo de defesa, chegando a seis finalizações na primeira etapa — sem levar a Jandrei, perigo. Quando o São Paulo marcou, os donos da casa reatam e chegaram ao empate com um golaço de Yago Pikachu. Após o empate, o jogo ficou movimentado, com vantagem para o Leão, que não pecou na pontaria e não conseguiu virar a partida.

São Paulo começa mal e evolui no segundo tempo

No Castel, os comandos de Rogério Ceni foram inferiores nos 45 minutos iniciais, e, quando tentados, foram réfens alçadas de loin para Calleri, que cumprira a função de pivô, de costas para a zaga. Na, porém, o time equilibrou confronto, cresceu com uma entrada de Luciano, opção a mais na área ao lado ou etapa final de Calleri, e assistência assim como uma vez o confronto, após Igor Gomes.

Luciano sai do banco e vai à rede

Na noite de hoje, Luciano se isolatou na vice-artilharia do São Paulo na temporada, com cinco gols em 17 jogos – sendo dez como reserva. E foi nessa condição que encontrou uma rede no Castelão: o camisa 11 são-paulino saiu do banco e, bem recebido, recebeu ótimo passe de Igor Gomes para abrir o placar.

Golaco do artilheiro

Aos 23 minutos do segundo tempo, o Fortaleza pressionava o São Paulo para não terminar a rodada zerado no Brasileirão. E o gol veio em uma pintura. Depois de aberto aberto pela esquerda, Yago Pikachu sozinho ecertou a bomba de primeira vencer para Jandrei e empatar a partida. Faith o decimo gol do camisa 22 na temporada, o artilheiro do Leão em 2022.

Ceni aplaudido pela torcida

No Castel, a recepção ao técnico que não podia ser reconhecido, mas importante do Fortaleza, não podia ser diferente. Rogério Ceni fé aplaudido pelos torcedores. Pelo Leão, o Cedoar20 a Copa do Nordeste19, a Série B de 2011 e duas vezes o Campeonatoense.

Fortaleza segue na lanterna

Com um jogo a menos que o reste das equipes do Brasileirão, o Fortaleza começou a rodada na última posição, com três derrotas em jogos. O resultado deste domingo mantém o Leão na lanterna.

FOLHA TÉCNICA

FORTALEZA 1 X 1 SÃO PAULO

Data e hora: 05/08/2022 (Domingo), às 19h (horário de Brasília)

Local: Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: Ramón Abatti Abel (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Eder Alexandre (SC)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Mapas amarelos: Marcelo Benevenuto (FOR) e Yago Pikachu (FOR); Diego Costa (SAO), Igor Gomes (SAO) e Luciano (SAO)

Gols: Luciano (SAO), aos 11 minutos, Yago Pikachu (FOR), aos 23 do 2º tempo

FORTALEZA: Max Walef; Ceballos (Lucas Crispim), Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Felipe, Zé Welison (Hércules), Lucas Lima (Robson) e Juninho Capixaba; Moisés (Depietri) e Silvio Romero (Renato Kayzer). Técnico: Juan Pablo Voivoda.

SÃO PAULO: Jandrei, Rafinha, Arboleda, Diego Costa e Welington (Reinaldo); Andrés Colorado (Pablo Maia), Rodrigo Nestor (Patrick), Igor Gomes e Alisson; André Anderson (Luciano) e Calleri (Eder). Técnico: Rogério Ceni.

Leave a Reply

Your email address will not be published.