Rueda sobre pressão por reforços do Santos: ‘Não sou masoquista, cara’

O presidente Andrés Rueda está ciente da necessidade de reforços na Santosmas prioriza a situação financeira do clube e lamenta não ter conseguido trazer ‘quatro, cinco ou seis’ para colocar o Peixe em outro patamar.

Em entrevista à Rádio 365, Rueda comentou esse impasse entre contratação e pagamento de dívidas. Reforços vão chegar, mas podem não ser o que a torcida espera (e continua).

“Meu grande legado seria colocar travas no nosso estatuto para que as próximas administrações não possam quebrar o clube. Um exemplo: quem não paga imposto recebe uma advertência e depois está fora. Expulsão. Não está acostumado a nada para deportar Eles pararam de pagar impostos por um ano e ganharam R$ 60 milhões. Fizemos um acordo e pagamos uma bola por mês. Isso pode ser dinheiro para um jogador. Você acha que eu gosto da pressão de não assinar? masoquista, cara. Eu queria trazer quatro, cinco ou seis jogadores para disputar títulos e seguir em frente, mas não temos como contratar Cueva e Bryan Ruiz para a vida, para chegar em segundo e quebrar o clube. A salvação é parar mal a fé atua no estatuto o máximo possível”, disse o presidente.

“Com a nossa associação com outros clubes, você vê uma nova geração de dirigentes. Aos poucos, você vê clubes que focam na gestão, preocupados com as finanças. Esse é o caminho. Caso contrário, eles vão matar a galinha dos ovos de ouro .bem corrido todo mundo pode ficar satisfeito.Se eu quiser contratar um jogador hoje e falar que vou pagar 50 milhões, eu posso. Esse é o problema. Eles contrataram o Soteldo e não pagaram. É muita liberdade para o executivo sem responsabilidade financeira além das ações. Não dá para contratar sem dinheiro para agradar os torcedores. E pior: eles não gostam. Não ganharam nada e levaram o clube à falência. Precisamos colocar mais gesso no executivo. Sou presidente, mas não tenho o direito de quebrar o clube. O grande problema para nós é que os presidentes fizeram o que queriam. E hoje estamos sofrendo as consequências”, acrescentou.

Andrés Rueda voltou a explicar o processo de contratação do Santos e mostrou sua confiança no trabalho do técnico Fabián Bustos e do futebol Eduardo Dracena.

“Temos um excelente treinador, fundamental neste processo de reconstrução, que é o Fabián Bustos. E um excelente treinador de futebol, que é o Edu Dracena. Eles indicam que tipo de jogador, que posição falta, e temos que ir atrás deles. O técnico e nosso executivo chegaram e fomos transparentes. Explicamos nosso problema financeiro momentâneo e conversamos sobre nossas limitações. Todo jogador que a diretoria procura é aprovado pelo técnico e pela área executiva. Fazemos um esforço no limite das nossas possibilidades. até tentar ir um pouco além do limite que seria razoável porque entendemos que o time precisa ser fortalecido. Surpreendentemente, a maior dificuldade não é financeira, mas a dificuldade de sair “de outros clubes. Sempre temos planos A e B e em breve teremos novidades. aumentar muito nossa capacidade de jogo. Devemos trazer jogadores experientes para sustentar nossos filhos”, avaliou Rue a partir de.

O último reforço anunciado por Santos foi Willian Maranhão, ex-Bahia. O volante não agradou a muita gente, mas foi aprovado pela Bustos.

“A comissão gestora não entra no mérito técnico. O Maranhão foi aprovado pelo Bustos, com avaliação positiva do departamento de futebol. Maranhão e todos os contratados passam por isso. Auro, Maicon, Ricardo Goulart, todas as demandas baseadas em treinador e futebol “Eles estão cientes do nosso problema financeiro e estão se adaptando. Pedir é fácil, mas temos uma situação financeira difícil. Avaliaram mais de 30 médios e, nas nossas condições, acharam uma boa contratação”, sublinhou.

Por fim, Andrés Rueda diz que se orgulha de receber críticas “apenas” sobre futebol.

“Os torcedores estão bravos comigo, já pedi desculpas, mas pelo futebol. As últimas etapas foram criticadas por faltas e coisas eticamente incorretas e ilegais. Estou orgulhoso. O futebol nos corrige, colocamos de volta no eixo olhando pela competência E tenho total confiança no nosso treinador e no nosso quadro futebolístico e em breve teremos os resultados que os adeptos esperam”, concluiu.

Leave a Reply

Your email address will not be published.