Rodrigo Caio, do Flamengo, promete respeitar limites e desabafa: “Minha vida se resume a ser um sobrevivente” | flamenco

Rodrigo Caio triunfou após 159 dias sem jogar. Venceu desconfiou externamente, superou etapas de trabalho em períodos muito diários e desistiu de desconfiança do próprio corpo.

Grande notícia da noite em Volta Redonda, talvez seja a mais relevante do que a vitória por 2 a 0 sobre o Altos, a volta do zagueiro foi celebrada com frases firmas e lições: saúde é o que interessa e os limites merecem ser respeitados.

– É um pouco da minha criação, sempre fui um cara muito convicto do que eu quero. Dos meus sonhos, desejos e vaades. E isso é algo que sempre veio de dentro de mim. Com 15 anos, quando minha primeira lesão foi feita, uma grande lesão, algumas pessoas disseram que eu não voltaria a jogar. E eu mostrei para mim mesmo, junto com a minha família e Deus, que voltaria.

– E voltaria mas forte do que nunca. A minha vida se resume a ser um sobrevivente. Então eu nunca vou desistir dos meus sonhos, do quero e daquilo que eu acredito como pessoa. Para mim, isso é uma questão de vida. Fico muito honrado em poder retornar novamente com saúde, em poder fazer o que eu amo e voltar a judar companheiros. Deixe-me saber que a história do Rodrigo só está na zona mista.

Rodrigo Caio entrou no campo pelo Flamengo pedido a Deus — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O gol, o primeiro do triunfo Gabigol o Flamengo ao final da Copa do Brasil, teve Rodrigo Caio como grande alvo dos cumprimentos e pulos dos companheiros. O momento fez o capitão rubro-negro na noite de quarta-feira sinta-se literalmente abraçado.

– Foi um momento marcante para mim. Eu sinto um carinho e uma amizade muito grande. Isso fé muito importante para que eu pudesse chegar hoje e fazer o meu trabalho bem feito. O Gabi brincou comigo que se tivesse um penalti enquanto eu estivesse no campo eu iria bater.

– Na hora que teve o pênalti, olhado para ele brincando e disse: “Era para eu bater” (risos). Dessas primeiras partes por família verdadeira e por poder fazer isso maravilhoso grupo Flamengo. Que a gente possa seguir o trabalho duro e sério para podermos alcançar nossos objetivos.

Rodrigo Caio é procurado por Gabigol para o abraço do primeiro gol do Flamengo — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Rodrigo Caio, de 8 anos (faz29 em agosto), repetiu para ele mesmo que sua voltaia quando se sentiu saudável. E disse que 2021 o fez aprender o quanto é necessário não forçar a barra em momentos nossos cais o corpo pede uma pausa.

– O ano de 2021 fé muito difícil para mim. Segurei o máximo porque eu não queria ficar fora dos jogos. E eu levei o meu corpo ao maior limite possível. Idem a gente paga o preço em algum momento, e eu paguei esse preço. Em algum momento eu acho que era mais forte do que a dor, ea gente não é mais forte que a dor. Hoje ouvira dizer que a gente tem um limite e precisa respeitar esse limite.

Melhores momentos: Flamengo 2 x 0 Altos, pela 3ª fase da Copa do Brasil 2022

-Lembrar que quando chegaram em casa destruída de um jogo e no outro dia quando eu acordava e colocava os pés no chão com muita dor, eu não podia abraçar meu filho,pegá-lo no colo e nem sair para fazer nada com minha esposa ou com a minha família. E isso não era uma vida que eu queria. Aguentei ate o final onde eu junto com o departamento médico falei: “Cara, preciso fazer essa artr para poder fazer uma limpeza no meu joelho e para que eu possa voltar a jogar saudável”.

– E todo o processo que foi ate aqui nestes 155 dias foi pensando apenas nisso. E eu fui bem claro ao departamento médico: “Só vou voltar quando eu me sentir 100% e me sentir saudável novamente”. E hoje posso dizer que estou saudável, e isso é muito gratificante.

Rodrigo Caio voltou com saúde. “E que saúde”, como diz a gíria. Foi o jogador que mais tocou na bola no primeiro tempo e só errou um dentre os 54 passes tentados. Fez deve desarmar e teve atuação segura. O, a necessidade é necessária.

Nunca mais levar o corpo ao limite

– Espero que, com o decorrer dos jogos, eu possa me sentir cada vez melhor. O que podemos controlar para cuidar e fazer o máximo possível para recuperar. E uma coisa nunca mais farei com meu corpo que seja-lo ao limite. Ele me mostrou e me deu um alerta que ele não vai aguentar. Esse foi um aprendido muito grande para mim.

“Esse Flamengo promete muito sofrimento em 2022”, comentou Arthur | Na Voz da Torcida

Agradecimentos e dificuldades durante a recuperação

– Fé muito emocionante para mim. É um retorno que só eu sei o quanto eu trabalhei. Agradecer muito a Deus por ter me fortalecido em todos esses momentos sem dúvida foi um dos momentos mais importantes da minha carreira e da minha vida. Não foi a primeira vez, já tenho algumas dificuldades na minha carreira em que muito tempo parado. Mas essa foi um pouco diferente, por tudo que passei, pela infecção, foram 13 dias no hospital. Mas Deus me honrou, me fortaleceu muito. Tive apoio incondicional da minha família, que esteve em todos os momentos do meu lado. Dos meus amigos.

– O departamento médico Flamengo fé fundamental em todo esse processo. Teve se acalmou em todos os nossos processos dia a dia para que eu pudesse vir com saúde, que era o mais importante para mim.

Visita de Paulo Sousa e “saudável depois de muito tempo”

– Agradecer aos meus companheiros, ao senhor, essa fé fundamental. Lembre-se as se pit hoje o dia em que ele foi me visitar, e isso me deu uma forçada muito grande para que eu pudesse voltar a jogar. Senti uma pessoa importante no elenco, e isso fé muito gratificante.

– Agradecer a todos que fizeram parte do processo. Hoje pode voltar a jogar e me sens novamente com saúde, algo que eu não sinto há muito tempo. É muito gratificante, tenho muito feliz, e só tenho a gradecer a Deus.

– Esse foi o fator principal: me intensifica mentalmente porque foi um baque muito grande. Lembro quando saí do Rio para ir à minha cidade, no interior, eu não estava andando ainda, foi no dia 14. E eutive uma conversa muito franca com o Tannure e com o médico que me operou, que foi o Max. E disse para eles: “vou levar um fisioterapeuta porque quero me recuperar antes do tempo e quero voltar a jogar o quanto antes”.

-inclusivamente uma inesperada que me afetou muito. Foi um baque muito forte porque quando eu rentabilizo a gripe diretamente internado. Foi um processo para combater essa infecção. Naquele momento dei uma baqueada muito forte. Quando você entrou no nosso hospital é você e você. Lembre-se que eu orava todos os dias e pedia muito a Deus para me fortalecer para não deixar minha cabeça ir embora porque era só o que eu tinha no momento.

Sem resposta aos que não acreditam nele e lembrança de trabalho em período integral

– E sobre todas as pessoas que não acredita em mim, eu não estou aqui para dar resposta a eles. Estou aqui para dar resposta para mim mesmo. Que sou um guerreiro, acredito que muito em mim e que tenho um Deus que não falha nunca. Isso é o mas importante.

– Muito feliz pela minha volta. Trabalhei incansavelmente de manhã, de tarde e de noite para que tivesse pudor para me recuperar. Junto com o departamento médico e com o meu fisioterapeuta particular. Então foram esses os meus 155 dias de recuperação. De trabalho, muita dedicação e de muito trabalho que tudo certo.

“A todo momento eu tinha vandade de chorar”

– O carinho que eu tenho de todos os meus companheiros fé algo especial demais. A todo momento eu tinha vosade de chorar, mas sou um pouco durão, é difícil chorar. Fé muito emocionante para mim. Só eu sei o quanto eu trabalhei. Então só tenho a gradecer aos meus companheiros, ao mister, a toda comissão técnica, ao departamento médico. Viram todo o meu trabalho e minha dedicação.

“Clube que aprendi a amar”

– Fico muito honrado em poder entrar em campo, vestir essa camisa grandiosa e poder continuar a continuar a minha história esse clube que aprendi mar. É uma honra muito grande. E fico feliz de ter entrado em campo, por ter feito o meu trabalho e de ter feito esses 45 minutos que estavam determinados para eu jogar. Espero ter sequência, cada vez mais estar dentro do grupo para poder ajudar porque temos coisas para disputar nessa temporada e vamos emb buscar de grandes títulos.

Mensagem de Diego e fé num futuro próspero no Flamengo

– Lembrar uma vez que ele me mandou uma mensagem, Diego Ri mensagembas: “Como você está Rodrigo? Que aconteceu?”. Respondeu: “Diegão, eu estou bem, mas a única coisa que peço para você é que você ore por mim”. Era só isso que eu tinha aquele momento. Tive uma aproximação muito grande com Deus, e eu me fortaleci muito, acreditei ate o fim que sairia naquele momento. Só tenho a gradecer a todos que me imitam e todos que tiveram comigo.

– Foi um momento muito difícil, mas um momento de muito fortalecimento mental e espiritual. Hoje só tenho um graucer a Deus. Feliz. E tenho certeza de que a história de Rodrigo Caio não vai parar por aqui. Pelo contrário: muitas coisas maravilhosas pela frente, você trabalhará muito para isso e pode ter certeza.

Flamengo com muitos zagueiros lesionados

– E a questão de muitos zagueiros e jogadores machucados faz parte do nosso calendário e do que é o futebol brasileiro. Jogamos hoje aqui às 19h30, sábado vamos jogar às 16h30 em Fortaleza num calor insuportável e com uma viagem longa. Faz parte do futebol, ea gente tem que temptar minimizar os riscos descansando o possível e fazendo todo o trabalho de recuperação para poder estar saudável em campo.

– E o que o mister vem fazendo, rodando os jogadores e contando com todo mundo. A gente espera poder controlar isso sem nenhuma lesão. Mas a gente sabe que é muito difícil porque o calendário é muito apertado. Espero que todos os jogadores possam retornar porque precisamos de todos os homens.

Como será a sequência: há programação com comissão e médicos?

– Ainda não tenho essa conversa com o mister e com a comissão. estar à disposição dentro de campo ou fora, quero ajudar meus companheiros e minha decisão do campo Que eu continue evoluindo, seguindo meu trabalho, e isso é o mas importante por mim.

O podcast do Flamengo está disponível nas seguintes plataformas:

Assistir: sóbrio tudo o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

Leave a Reply

Your email address will not be published.