Rival da Libertadores, bebê do Palmeiras superou depressão antes do reencontro: “A vida é aprendizado”

Campeão da Copa do Brasil 2015 Cristaldo se reunirá com Palmeiras pela Libertadores


O jogo contra Palmeirasválida para a segunda fase da fase de grupos do CONMEBOL Libertadoresnesta terça-feira, às 21h30 (horário de Brasília), transmitido pela ESPN sem estrela +será especial para Jonathan “Churry” Cristaldo. Será o reencontro do atacante do independente de óleo com fãs que o tiveram como favorito de passagem entre 2014 e 2016.

O argentino chegou ao Palmeiras a pedido do técnico Ricardo Gareca em 2014. Na época, o clube passava por um período complicado no primeiro mandato do presidente Paulo Nobre, que lutava para arrumar as contas e evitar o rebaixamento Série B. A equipa só conseguiu ficar na última volta graças ao facto de o Vitória não tendo derrotado o Santos.

No ano seguinte, fez parte do elenco que estava sendo reformulado com a chegada de Crefisa, que investiu muito dinheiro no clube, e do diretor de futebol Alexandre Mattos, que trouxe dezenas de jogadores. Conhecido pelo bom humor e pelo gosto pelas brincadeiras nas redes sociais, o argentino foi um talismã alviverde em 2015.

“Passei dois anos no Palmeiras e sempre fui muito feliz. Acho que o melhor momento para o nosso time naquela época foi a Copa do Brasil, quando vencemos o Santos. Acho que foi aí que começaram todos os bons momentos do Palmeiras”, disse. ESPN.com.br.

Apesar de não ser corredor, Cristaldo disputou o título de Copa do Brasil, quando marcou três gols e acertou os pênaltis cobrados nas semifinais e na decisão da competição. Além disso, ele marcou o primeiro gol do clube na Libertadores, no Allianz Parque.

Ao todo, o jogador fez 73 jogos e marcou 18 gols antes de ser vendido em junho de 2016 para o Cruz Azul, do México, por cerca de R$ 10 milhões. “Churry” chegou a participar das primeiras partidas do Brasileirão vencidas no final daquele ano. Desde então, o Verdão conquistou mais duas Libertadores, duas Paulistas, uma Brasileirouma Copa do Brasil e uma Recopa-Sulamericana.

Cristaldo teve seus altos e baixos. No clube mexicano, ele sofreu lesões, não teve sucesso e foi emprestado ao Monterrey. De volta à Argentina, foi contratado pelo Vélez Sarsfield, mas a má-fé permaneceu. Nesse período, o agressor caiu em depressão e chegou a pensar em suicídio.

“Acho que agora estou muito bem, muito feliz no Independiente. Aqui os dois jogadores, torcedores, treinadores me receberam muito bem, me fazem sentir importante, muito grato. Estou passando por um momento muito feliz na minha vida”, ele declarou.

“Para mim, a vida é aprender todos os dias e tudo que você passa na sua vida, na sua carreira. Porque eu sou uma pessoa em primeiro lugar e depois um jogador. Crystal quem eu sou hoje”ele adicionou.

Hoje, mesmo depois de anos afastado do clube, o atacante revelou que ainda recebe mensagens dos torcedores e não escondeu o desejo de voltar ao Allianz.

“A verdade é que, para mim, Vai ser uma partida muito especial, a primeira vez que enfrentarei o Palmeiras no Allianz depois de muito sucesso no clube. Depois de receber muito carinho da torcida e do Palmeiras, será um encontro muito especial para mim”, destacou.

“Multidões me mandam mensagens nas redes sociais. E quando souberam que eu estava no Independiente, me mandaram uma mensagem dizendo que me esperavam no Allianz Parque e me dariam as boas-vindas. Mas acho que o carinho que eles têm, eu também tenho e é muito forte”, acrescentou.

Cristaldo também defendeu Racing e Newell’s Old Boys antes de ir para o Independiente Petrolero este ano. E na estreia do atual campeão boliviano, o atacante marcou o gol de empate contra o Emelec na estreia da fase de grupos da Libertadores.

Leave a Reply

Your email address will not be published.