Raio-x: veja as variações que Vítor Pereira já usou no Corinthians | corinthians

Depois da classificação às oitavas de final da Copa do Brasilo treinador português voltou a repetir algo que já falou fora do país. Para ele, o futuro do futebol passou diretamente por tempos mais mutantes, ou seja, que possuíam variações dentro de um jogo.

Nesta partida contra a Portuguesa, Vítor Pereira escalou o time no 3-4-3, com uma linha de três zagueiros no momento ofensivo. Fábio Santos, lateral-esquerdo de origem, fez a função de terceiro exclusivo da zaga. E teve mais: Lucas Piton fé ala na esquerda, e Mosquito na direita.

São improvisações, ou necessidades mesmo, que cada vez mais vão aparecer nas escalações de Vítor Pereira, que pretende abrigar seu leque de opções da polivalência de seus jogadores.

– Temos que jogar com polivalência de funções. Não temos direito lateral agora, então temos que improvisar na direita. Éssa multifuncionalidade das competências do jogador a caminho. Temos que crescerem no sentido de jogo, com cultura tática, nos permitindo no sistema fazer – ouvir o técnico.

Vítor Pereira no comando do Corinthians contra a Portuguesa-RJ — Foto: Rodrigo Coca/Ag. corinthians

O idade Um levantamento das variações que Vítor já pode promover em seu tempo, buscando ter mais opções e, consequentemente, gerenciar melhor o desgaste do elenco.

  • Fagner: operado na lateral contra esquerda a Ponte Preta;
  • Renato Augusto: fé falsa nove contra o São Paulo;
  • Rogério Guedes: jogou aberto e centralizado sem ataque;
  • Lucas Piton: permitido na lateral direita (e depois mais avançado, também pela direita) contra o Deportivo Cali e como ala esquerdo contra a Portuguesa;
  • Gustavo Mosquito: operado como ala na direita contra a Portuguesa;
  • Adson: pode fazer o corredor direito todo;
  • Fábio Santos: fez ou terceiro zagueiro contra a Portuguesa (veja detalhes no video abaixo);
  • Bruno Melo: fez ou terceiro zagueiro contra o São Paulo;
  • Giuliano: jogou mas aberto na direita ou centralizado como meia/volante;
  • João Victor: já trabalhou como lateral-direito na ausência de Fasagner, contra Novorizontino e São Paulo;
  • Robson Bambu: entre a direita contra o Bragantino;
  • Gustavo Mantuán: pode jogar à direita como ala;
  • De Queiroz: jogou na lateral direita contra o Always Ready.

Fábio Santos na zaga: veja detalhes da atuação dele em Corinthians x Portuguesa-RJ

– É uma função nova, tenho que evoluir e aprender, mas tenho certeza de que no dia a dia o Vítor vai mostrar o caminho certo e eu vou evoluir e poder ajudar nos jogos – disse Gustavo Mosquito após a partida.

O treinador deixou claro que os princípios que ele quer para a formação de uma equipe devem ser mantidos independentemente da utilização. E sobre os esquemas que já fomos, predominantemente o treinador montou uma equipa num 4-3-3.

O 3-4-3, variando para um 5-4-1, é usado em algumas ocasiões específicas. Contra o Fortaleza, no segundo tempo, contra o Deportivo Cali, na Colombia, e no jogo todo com a Portuguesa-RJ. Vale lembrar que, dentro do jogo, a formação pode variar com e sem a bola.

Gustavo Mosquito — Foto na ala, pela direita, em 2 x 0 Portuguesa-RJ

– É um pouco de treino, mas não pode aumentar muito a carga, e também um pouco de conversa, nos vídeos que ele mostra para a gente. A gente tem que assimilar bem, realmente não tem muito tempo. Mas graças a Deus estamos nos três países, então é trabalhar e ouvir o que ele tem a passar para nós – completou Mosquito.

A equipe está a uma alternativa esquemas. Em determinados jogos, vai ser importante a gente ter a dominância quando sai com linha de quatro e depois muda para a linha de três – corroborou Maycon.

O corinthians agora tem que comprometer os fora de casa. O primeiro, pelo Brasileiro, no próximo sábado, às 19h (de Brasília), contra o Internacional em Porto Alegre. Depois, viagem a Argentina para encarar o Boca Juniors, pela Libertadores, na próxima terça-feira. Encerrando a semana, no outro domingo, enfrenta o São Paulo em casa.

— Foto: Reprodução

O ge corinthians podcast está disponível nas seguintes plataformas:

+ Assistir: sóbrio tudo o corinthians na Globo, sportv e ge

Leave a Reply

Your email address will not be published.