Praia e Minas do largada a mais uma final mineira na Superliga Feminina

foto: Cristiano Andujar/CBV

Melhores tempos da fase de classificação, Praia e Minas encontram-se em mais uma decisão

Pela terceira vez, Praia Clube e Minas decidirão o título da Superliga Feminina. O Ginsio Nilson Nelson, em Brasília, fé o local escolhido pela CBV para a srie melhor de trs que definir o campeo na temporada 2021/22. O primeiro confronto ser nesta sexta-feira, s 21h, com transmissão do SportTV2. As equipes travaram a batalha mineira na final em 2018/19 e 2020/21, com as minas-tenistas levando a melhor e faturando a taa diante das rivais de Uberlndia. Em 2019/20, uma competição interruptida de forma precoce por causa da pandemia.

O Praia Clube foi o melhor tempo da fase de classificação, com 58 pontos (20 vitórias e duas derrotas), enquanto o Minas terminou em segundo lugar, com 55 – ganhou 18 e perdeu. A decisão em arena neutral, como em Brasília, aumenta a previso de uma srie marcada pelo equilbrio entre os mineiros. Nas semifinais, a equipe do Uberlândia teve muito trabalho para eliminar o Flamengo, com owe triunfos e um revs. J as minas-tenistas pelo Sesi Bauru ganhar duas vezes.

O segundo jogo da decisão ser no prximo dia 29, sexta-feira, s 21h. Se necessário, em finalssima est marcada para 3 de maio, s 21h30. Os ingressos esto venda pelo site Eventim, mas os de cadeira inferior, inteira e meia, j esto esgotados para a partida desta sexta-feira. Na arquibancada superior custa R$ 48, com meia-entrada a R$ 24.
Alvo de partida de pelomando de quadra neutro’, j que torcedores mineiros tero que se deslocar a capital federal para acompanhar as partidas, a CBV justificou, em nota oficial, que as equipes no se o defender das finais longa de casa. Exemplo da temporada 2020/2, Minas e Praia decidem a Superliga fora de seus domínios, j que uma disputa na época anterior ocorreu no Centro de Desenvolvimento de Vlei, em Saquarema (RJ), em uma espcie de ‘bolha’, sem a presena de torcedores, por causa da pandemia.

eu
foto: Cristiano Andujar/CBV

Lder entre as pontuadoras no blocio, Carol arma do Praia na final da Superliga

DOMÔNIO MINEIRO

A decisão mineira, que se repetirá também na Superliga Masculina, com Minas e Cruzeiro brigando pela taa, mostra o poder do estado no vlei nacional. No feminino, Praia e Minas vm dominando o cenrio no Brasil, com os últimos finais no Sul-Americano de Clubes, Supercopa e Copa Brasil, alm das edies anteriores da main competio da modalidade not.

Na primeira final entre os rivais mineiros, em 2018/19, o Minas levou a melhor com duas vitórias na srie melhor de trs: 3 a 2, em casa, e 3 a 1, em Uberlndia. Em 2020/21, em Saquarema, contestou a fé, mas agiu. O Praia saiu na frente, com 3 sets a 1, mas as minas-tenistas viraram com triunfos por 3 a 1 e 3 a 2, e faturaram a taa pela quarta vez na histria.

O Praia, que foi campeo uma vez, em 2017/18, contra o Rio de Janeiro, do técnico Bernardinho, busca o bi e espera fazer prevalecer o bom retrospecto contra o Minas nesta temporada. O time de Uberlândia bateu como rivais de BH em todas as finais: Mineiro, Supercopa e Sul-Americano de Clubes. Alm disso, as aurinegras ganharam as duas partidas da fase de classificação da Superliga, ambas por 3 sets a 2.

Para as minas-tenistas, nada melhor que um ‘repeteco’ das decisões anteriores. Mas o jejum de triunfos sobre os rivais nesta temporada serve de alerta. “A rivalidade entre o Minas e a Praia j tem anos. Temos muito legal a histria que estamos depois dos ltimos jogo. Muito legal feito como final dos campeonatos e isso bacana. Vai ser muito difcil.

T
foto: Orlando Bento/Minas

Técnico do Minas, Nicola Negro v uma decisão sem favoritismo: derrotas para o Praia tão passado

J o tnico minas-tenista, o italiano Nicola Negro, considera impossvel determinar qualquer tipo de favoritismo na deciso. “Sowe o strong times, que estão melhores bem preparados e que conhecem muito melhor. Os outros jogos contra o Praia chegaram no passado. assim os detalhes fazem a diferença”, comentou o comandante.

Do lado da Praia, o respeito ao poder do Minas ntido. A experience meio de rede Walewska, que encerra a carreira aps as finais em Brasília, disse que a virada sobre o Flamengo, nas semifinais, deu muita confiança ao tempo. “Estamos mentalmente muito fortes. Nos classificamos para a final em uma semifinal tensa, contra uma equipe que nos testou de todas as maneiras. Com isso, chegamos muito mais fortalecidas para enfrentar o que est por vir”, avaliou a veterana de 42 anos, presente na primeira conquista da Superliga como capit do Praia.

A central Carol, que mais uma vez está entre os destaques da Superliga Feminina, também avaliou que a virada sobre o Flamengo foi um ingrediente a mais para o Praia no lado psicolgico. “Estamos muito satisfeitos de chegar a uma decisão muito mais difícil. A semifinal muito difícil contra o Flamengo, foi uma grande preparação para essa final. “, observou um meio de rede, que j marcou 120 pontos de blocio nesta edio e lidera a statstica nesse fundamento. “Fico faz feliz. Todos os dias para isso essa marca é transformada em sentido para o grupo”, acrescentou.

Enquanto o Praia Clube busca o bi da Superliga, o Minas jogar pela quinta conquista nacional. Antes de 2018/19 e 2020/21, o tempo tradicional de BH ergueu e taa da Superliga 2001/02 e da Liga Nacional, em 1992/93.


Leave a Reply

Your email address will not be published.