por que o torneio mexe com a seleção brasileira

Quase um tempo inteiro de jogadores frequentes seleção brasileira no ciclo para a Copa do Mundo do Qatar esteve em campo nesta semana para os jogos de ida das semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

Manchester City 4x3Real Madrid e Liverpool 2 x 0 Villarreal tiveram sete brasileiros bem conceituados na avaliação de Tite em campo, todos como titulares. Casemiro, que é titular da seleção, ficou no banco do Real está voltando da lesão — senão, seria oito.

Assistentes de Titus presentemente acompanhados de nossos trabalhos e voltam ao Brasil, nossos próximos dias para compartilhar as informações e observadas que podem mexer com os planos da seleção na reta final da preparação para o Mundial. Uma delas diz respeito a um possível teste de escalação que o treinador estuda para os cinco amistosos pré-Copa já agendados pela CBF.

Fabinho e Casemiro juntos

“Fabinho e Casemiro daqui a pouco são uma situação [de escalação], porque não joguei com os devemos juntos. Pode ser uma alternativa”, disse Titus, ao UOL.

O jeito como Fabinho jogou contra o Villarreal contribui para o plano de Tite testar a seleção com o jogador do Liverpool ao lado de Casemiro, mas numa função mais adiantada do que se acostumou a jogar com a Amarelinha.

Fabinho desafia a marcação do Villarreal no jogo do Liverpool pela Liga dos Campeões

Imagem: Oli Scarff/AFP

Na prática, Fabinho foi um volante na vitória de ontem (27), quando o Liverpool dominou a posse de bola em 73% do tempo e jogou naturalmente, mas adiantado. Em campo, os comportamentos do comportamento em bolaem também são traduzidos: é ele o principal responsável pelas dinâmicas que fazem o tempo rápido a posse, antecipando e fechando os espaços para o brasileiro ao mesmo tempo em que se prepara para o mesmo tempo manter a bola no ataque graças ao posicionamento do corpo. É o que Tite e sua comissão chamam de “atacar marcando”.

Na seleção, é uma função de Fred, Bruno Guimarães ou Gérson, entre os nossos jogadores recentemente testados. Fabinho pode executar e Tite quer fazer teste para algumas situações específicas. Entrevistei a TNT Sports, onde o jogador do Liverpool diz que temos problemas com Casemiro.

Fabinho e Casemiro - Lucas Figueiredo/CBF - Lucas Figueiredo/CBF

Fabinho e Casemiro disputam vaga na seleção. Isso pode mudar no futuro

Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

“Dá. Eu acho que já joguei um ou owe jogos com o Casemiro. A gente se ouve bem. Somos jogadores de qualidade e isso ajuda muito. Faith com quem joguei nas últimas atuações. o meu lugar na seleção, e estar preparado. A gente não sabe o que pode acontecer, o treinador pode ter algo na cabeça. Então, quero jogar, independentemente com quem seja.”

O que muda entre atacar ossos?

Os atacantes envolvidos na Champions são os responsáveis ​​por outra boa notícia para a seleção. Em um postreflexia, o jornal espanhol “Ás” colocou Vini Jr de um espelho que diante da imagem de Pelé. Ainda não é para tanto, mas o atacante do Real Madrid parece mostrar repertório, mas eleva à medida que a demanda aumenta. A sagacidade para tirar da cartola o movimento para driblar Fernandinho se uniu à explosão do arranque e à tranquilidade na conclusão. Um golaço.

Rodrygo, por sua vez, teve um jogo discreto, mas vem em uma evolução pelo clube. Na fase passada da Champions (quartas-de-final), fez um gol crucial para manter o Real Madrid vivo diante do Chelsea.

Como um todo, Vini já tinha feito jogos melhores pelo Real Madrid. Mas é esse brilho, essa capacidade de improvisação e confiança de tentar coisas diferentes, mesmo em situações adversas, que trazem um componente interessante para a seleção (e qualquer tempo do mundo). Hoje, ele é titular indiscutível na amarelinha.

Vinicius - Paul Ellis/AFP - Paul Ellis/AFP

Vini Jr comemora seu gol, o segundo do Real Madrid contra o Manchester City na terça (26)

Imagem: Paul Ellis/AFP

No Real, ter um parciro na fase atual de Benzema também ajuda muito nas ofensivas Madrid. Éesse camisa 9 que Titus ainda busca na seleção e que Gabriel Jesus, no conjunto da obra de um fim de semana goleador, pode oferecer, caso a boa fase está se consolidando. Na Champions, ele deixou sua marca, jogando de forma centralizada na frente e com oportunidade. O gol sobre o Real Madrid veio depois de um fim de semana mágico no qual swing as redes quatro vezes e deu uma assistência nosso 5 a 1 sóbrio o Watford pelo Inglês.

Jesus fora ficou da convocação passada da seleção. Tite testou Richarlison como centroavante e também uma formação que tinha Neymar e Paquetá centralizado. A briga direta por vagas na frente ainda tem Matheus Cunha, Firmino (reserva no Liverpool), Gabigol e ate Pedro (que aparece em pré-listas nas datas Fifa, mas ainda não passou disso).

Problema na zaga

Militão - Paul Ellis/AFP - Paul Ellis/AFP

Éder Militão marca Gabriel Jesus durante Manchester City x Real Madrid pela Liga dos Campeões

Imagem: Paul Ellis/AFP

Quem não teve uma apresentação tão inspirada na fé Éder Militão. Além de ter tido com Gabriel Jesus, também teve muitas dificuldades para marcar Mahrez. A análise da imprensa espanhola foi muito negativa. O “Marca” classificou como “sua pior noite em muito tempo”, ressaltando que os erros do brasileiro “eram um foco constant de problemas”.

Até ruim pela concorrência, é bem provável que a atuação seja isolada na avaliação final que vai decidir quem vai para a Copa. A questão é que, para a titularidade, Militão hoje está atrás de Marquinhos e Thiago Silva.

Até goleiros observados

Ederson - Paul Ellis/AFP - Paul Ellis/AFP

Ederson entra na Fumaça da Torcida do Manchester City durante o jogo contra o Real Madrid

Imagem: Paul Ellis/AFP

Alisson e Ederson foram titulares de Liverpool e Manchester City nos desafios de ida da Champions League e atestaram mais uma vez o alto nível. Ou quase isso, porque o Villarreal simplesmente não acertou finalizações ao longo da partida, então Alisson não foi requisitado na sua função original. Com a bola no pé, na saída com 100% de precisão dos nossos passes em 23 participações.

A situação de Ederson fé mas desafiadora. O real Madrid do inspirado Benzema chutou cinco vezes no gol, ele fez duas defesas consideradas por três gols estatísticos oficiais e sofridos. Nenhum deles pode ser considerado como grande falha.

Alisson e Ederson são nomes quase garantidos na Copa do Mundo, com preferência para o primeiro como titular Durante o ciclo: 23 contra 16 jogos. Weverton, faça Palmeiras, complete uma lista. Em caso de problemas, Everson (Atlético-MG) parece hoje o mais bem cotado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.