Pista veloz e extravagância: o que a F1 encontra na estreia em Miami – Notícia de Fórmula 1

Categoria visita cidade no sul da Flórida pela primeira vez em sua história (Foto: F1 Miami)

” alt=””/>
FÓRMULA 1 2022 VISITA MARINA FALSA DE MIAMI + CHEGADA DE AUDI E PORSCHE | TT GP #51

A Fórmula 1 tentou, mas derrubou, de vez, como barreiras que impediam de entrar definitivamente no mercado americano. Desde que o Liberty Media alcançou o controle da categoria, em 2017, os Estados Unidos conquistaram-se como área essencial de crescimento, o principal objetivo, a meta a ser alcançado. Apagar o gosto amargo que 2005 deixou, pois, escolheu para o grupo – que não coincidentemente, tem no país da América do Norte.

Para abrir terreno EUA, então, a F1 nos cartas da manga. Uma delas foi produziu a série documental ‘Drive to Survive’. DtS detalhado- um sucesso comercial – ainda que abrange várias controvérsias, editorial. O material da Netflix foi enviado a público da categoria e, principalmente, foi bem recebido – e divulgado – em terras.

▶️ Inscreva-se em nossos canais imperdíveis do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Outras armas foi a maior presença física da categoria por lá. Se em 2021 a Fórmula 1 visitou somente Austin – no completamente lotado (durante todo aquele fim de semana) Circuito das Américas -, em 2023 será três corridas em solo americano. Incluindo Miami e Las Vegas é estratégica na vista comercial, ervilhas. Mas, desde já, parece ser um ‘home run’. A preocupação da Índia com a expansão F1 não mente; filial, cachorro pequeno não mete medo em ninguém.

Grande Prêmio de Miami. Estranha – história atual da Itália como a quinta estapa do calendário da F1 Espanha e depois da Flórida -, a cidade no sul da Flórida na primeira vez em sua primeira vez. Para isso, há um estádio de pista de futebol americano, com uma marina artificial no circuito. Para diversos, shows e atrações estão previstos para acontecerem antes, durante e depois das objetos traçados – algo completo comparado por Zak Brown ao Super Bowl, inclusive. Quer algo mais Estados Unidos do que isso?

Ah, a tal extravagância, o tal ‘entretenimento americano’ ao qual Pierre Gasly se referiu. Finalmente estamos diante deles. Antes mesmo da construção traçada, as barras foram identificadas no meio da construção da tal marina. Evidentemente, água de verdade embutida no entorno, certo? Errado. A resolvido fazer uma pintura que emula o movimento das ondas e do mar. Artificial ate demais, a marina – de asfalto, no caso.

Fórmula 1 ao vivo. Por lá, mostra com nomes importantes da música atualmente: Post Malone, Zedd, The Chainsmokers, entre outros. E ah: um pós-pódio, no domingo, vai contar com uma inclusão exclusiva de Maluma. A corrida – sim, vai ter uma corrida, não se esqueça – parece ser o menor dos detalhes à gigantesca festa que Miami, sem precedentes, promove. Objetivo concluído, Liberty Media?

Já que falamos da corrida, vamos ao circuito, ervilhas. É difícil fazer qualquer tipo de teste mais novo, afinal, ou terreno é para pilotos, jornalistas e pilotos. Mas estes últimos contam com um importante aliado: o simulador. E segundo a unânime declaração de todos, fica cil destacar: o traçado de rua de Miami é veloz como em curvas de alta e baixa velocidade e cheio de oportunidades de gema.

Acompanhe o treino de classificação de quem.

” alt=””/>
FÓRMULA 1 2022: ONDE ESPERAR DO GP DE MIAMI + PORSCHE E AUDI VÃO ENTRAR? | Paddock GP #285

Acesse como versões em espanhol e português-PT Faz GRANDE PRÊMIOalém dos porqueiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.