Peixe vence na Vila pela Sul-Americana

Foi na asfixia, mas o Santos lutou até o fim e venceu a Universidad Católica-EQU por 3 a 2, nesta noite (13), na Vila Belmiro, pela segunda rodada da fase de grupos do Copa Sul-Americana. O Peixe abriu o placar com Jhojan Julio, mas recuperou com gols de Martínez e Minda no primeiro tempo. Na fase final, Léo Baptistão saiu do mesmo jeito, de pênalti, e Bryan Angulo fechou o triunfo do Peixe.

Depois de um primeiro tempo ruim, o Santos melhorou na fase final, com a substituição de Fabián Bustos. Os reforços equatorianos Julio e Angulo marcaram pela primeira vez, mas Léo Baptistão, Angelo e Lucas Barbosa começaram bem e mudaram o jogo. Vinicius Zanocelo e Gabriel Pirani também foram convocados durante o duelo.

Com três pontos, o Santos ocupa o segundo lugar do Grupo C, empatado com o Banfield, e enfrenta os argentinos amanhã, às 19h15, quando visita o Unión La Calera (CHI). Apenas o primeiro lugar de cada chave avança para os playoffs.

Santos voltará a campo para enfrentar coritibadomingo (17), ainda na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Brasileiro. A próxima partida da Sul-Americana será contra o Unión La Calera, no dia 28, no Chile.

LIVE DE SANTOS COM GABRIELA BRINO E MAURÍCIO BARROS

Quem foi bem: Lucas Pires

O lateral-esquerdo não comprometeu a defesa e foi a principal arma de ataque do Santos, com bons cruzamentos pela lateral esquerda. Léo Baptistão começou muito bem o segundo tempo.

Quem foi ruim: Willian Maranhão e Ricardo Goulart

Vários jogadores do Santos não aceitaram bem, mas Maranhão e Goulart foram os piores. O Maranhão recebeu cartão amarelo aos 6 minutos, marcou e saiu no intervalo. Goulart não criou nada e não ajudou na marcação. O Peixe melhorou com a saída do camisa 10.

O jogo do Santos: tempos opostos

O Santos voltou a ser escolhido com dois volantes (Willian Maranhão e Rodrigo Fernández) e deu ao Universidad bastante espaço no meio-campo ofensivo no primeiro tempo. Com Goulart desassistido e meio-campista pouco técnico, o time equatoriano chegou como queria. Na etapa final, o Peixe melhorou com as substituições de Bustos e buscou a virada.

Os equatorianos brilham

Jhojan Julio e Bryan Angulo marcaram os primeiros gols do Santos. Os atacantes chegaram recentemente de LDU-EQU e Cruz Azul-MEX, respectivamente. A dupla foi nomeada pelo técnico Fabián Bustos.

amigo fogo

Aos 21 minutos do segundo tempo, Eduardo Bauermann marcou de cabeça, mas Angulo, impedido, marcou e acabou invalidando o gol santista. A bala de Bauermann entraria. O atacante se redimiu com o gol da virada.

De volta da armadilha?

O Santos voltou a vencer na Vila Belmiro e melhorou o recorde em casa. São três vitórias, dois empates e duas derrotas em 2022. O Peixe marcou um gol em todos os jogos em casa.

FOLHA TÉCNICA:

SANTOS 3 x 2 UNIVERSIDAD CATÓLICA (EQU)
Concorrência:
Copa Sul-Americana – 2ª Rodada Grupo C
Dados: 13 de abril de 2022 (quarta-feira)
Programa: 19h15
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Alberto Ponte e Lubin Torrealba (VEN)
cartões amarelos: João Paulo e William Maranhão (SAN); Anangono, Yuber Mosquera, Facundo Martínez e Cevallos (UNI)
Metas: Jhojan Julio (SAN), a 14 minutos do primeiro trimestre; Martínez e Minda (UNI), 25 e 42 minutos do 1T; Léo Baptistão e Angulo (SAN), 32 e 39 minutos do 2T.
Público e receita: 9424/R$ 263.352,20

SANTO: João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Willian Maranhão (Vinicius Zanocelo), Rodrigo Fernández (Gabriel Pirani), Jhojan Julio (Lucas Barbosa) e Ricardo Goulart (Léo Baptistão); Lucas Braga (Angelo) e Bryan Angulo. Técnico: Fabien Bustos

UNIVERSIDADE: Couro; Anangono, Caicedo, Mosquera e Cortez (Rivas); Minda, Diaz e F. Martinez; Zamora (Cevallos), Alzugaray e C. Martinez (Ordóñez). Técnico: Miguel Rondelli

Leave a Reply

Your email address will not be published.