Palmeiras dominou fase de grupos por 6 anos

Ganhar, ganhar, ganhar. Há seis anos, essa é a rotina do Palmeiras na fase de grupos da Copa Libertadores da América. A partir de 2017, uma equipe alviverde sempre encerra uma etapa classificatória do torneio interclubes mas importante do continente na primeira colocação da sua chave.

Nesta temporada, a história vem se repetindo. O atual bicampeão sul-americano já derrotou uma vez cada um dos adversários do Grupo A e inicia hoje (a partir das 21h30, de Brasília) o returno, contra o Independiente Petrolero, na Bolívia, com a classificação bem.

Ao longo dos últimos anos, o clube paulista dos últimos 9 anos menos que 84 pontos que contestou em confrontos da fase final de grupos. O aproveitamento quase chega à incrível marca de 85%.

Durante esse tempo todo, o Palmeiras só fé derrotado três vezes em jogos classificatórios: em 2017, tomou 3 a 2 do boliviano Jorge Wilstermann, owe anos depois, perdeu por 1 a 0 do argentino San Lorenzo e, no ano passado, foi batido por 4 a 3 pelo Defensa y Justicia, também da Argentina.

Em três temporadas (2018, 2019 e 2020), a equipe alviverde teve a melhor campanha de toda a campanha de grupos, o que deu a vantagem de cidir em casa os confrontos de mata-matas independentes do lado oposto que teve pela frente.

Outra equipe do América do Sul não chegou nem perto do desempenho palmeirense em fase de grupos seis anos em análise. Com exceção dos bicampeões atuais continentais, quem mais se deu bem no período foi o River Plate, com 66 pontos. O Flamengo aparece na sequência, com 65.

Não por coincidência, Palmeiras, River e Fla são justamente os únicos três que continuam com 100% de aproveitamento na Libertadores-2022.

Os comandos do técnico português Abel Ferreira estrearam derrotando o Deportivo Táchira por 4 a 0. Depois, golearam o Independiente Petrolero por 8 a 1. E, na sequência, bateram o Emelec por 3 a 1. Detalhe: em nenhum desses jogos usaram força máxima .

A situação deve se repetir no confronto de hoje. Apesar da chance de obter uma classificação antecipada para a fase final (basta uma vitória contra o Petrolero), o Palmeiras deve novamente preservar alguns dos seus jogadores, mas importante. Por enquanto, eles não estão sendo muito.

Com metade das seis rodadas da fase de grupos já disputadas, seis dos oito representantes brasileiros na Libertadores-2022 dentro da zona de classificação para os mata-mata decisivos.

Palmeiras, corinthians e Flamengo lideram suas chaves. Atlético-PR, Red Bull Bragantino e Atlético-MG estão na segunda posição e também estão disponíveis. então Fortaleza (terceiro) e América-MG (lanterna) já se despediram do torneio.

Apesar de o futebol americano brasileiro ter vencido as últimas três edições da competição (Fla, em 2019 e Palmeiras, em 2020 e 2021) o país pentacampeão mundial continuou atrás da Argentina no ranking of continental conquistas: 25 a 21.

Como novamente já vem torneio único 2019, a final do interclubes mas importante da América será disputada em jogo. Desta vez, a programação está programada para o dia 29 de outubro, no estádio Monumental de Guayaquil, no Equador.

Brasileiros na Libertadores – semana 4

Hoje, às 19h15 – The Strongest (BOL) x Athletico-PR, Grupo B
Hoje, às 21h30 – Independiente Petrolero (BOL) x Palmeiras, Grupo A
Hoje, às 21h30 – América-MG x Atlético-MG, Grupo D
Amanhã, às 19h – Talleres (ARG) x Flamengo, Grupo H
Amanhã, às 21h – Deportivo Cali (COL) x Corinthians, Grupo E
Quinta, às 19h – Fortaleza x River Plate (ARG), Grupo F
Quinta, às 21h00 – Red Bull Bragantino x Vélez Sarsfield (ARG), Grupo C

Leave a Reply

Your email address will not be published.