Palmeiras domina o Corinthians e vence Dérbi com facilidade em Barueri

O Palmeiras, finalmente, venceu o Campeonato Brasileiro. En não foi qualquer vitória: 3 a 0 sobre o corinthians, na Arena Barueri. How do you have to praticamente acertos na golos do 20 min do 1º tempo, e outro emb la jogada de Dudu no 2º, o Alviverde de Abel Ferreira dominante para garantir nossos próprios pontos e conferir a cinco tabua de classificação.

Já o Corinthians esta em seis e, em termos numéricos, não tem muito a se preocupar no Brasileiro, pela determinação de sua ocupação. mas o futebol americano do time misto escalado por Vítor Pereira deixou a desejar, mesmo em tais circunstâncias.

Os owe times voltam a campo no meio de semana pela Libertadores, torneio em que vivem situações muito diferentes. O Palmeiras liderou seu grupo, após duas e deve encarar o Emelec (EQU) com suas reservas, na quarta (27), em Quito.

Os Alvines, com três pontos-feira, certamente terão força máxima na terça26), contra o boca Juniors (ARG), na Arena Corinthians

Atuação do Palmeiras: Um tempo que sabia o que queria em campo

Organizado e consciente, duas características quase sempre inerentes ao Palmeiras de Abel Ferreira, o Alviverde entrou em campo rápido decidido a resolver a partida o mais possível. Com os gols antes da metade do 1º tempo, o Verdão esbanjou na qualidade tática de suas ações e venceu com facilidade.

Atuação do Corinthians: Tentativas e (muitos) erros

O tempo de Vítor, Pereira não parecia ter um plano no campo mas conseguiu executar. Dominados pela marcação palmeirense, Paulinho, Renato Augusto e Roger Guedes foram quase inofensivos. O tempo até buscou soluções ao longo do jogo, mas não acertamos nada que o fato levasse perigo ao gol de Weverton.

O melhor: Raphael Veiga duas duas assistências

O título também poderia ser outorgado a Zé Rafael, dono do meio-campo no jogo. Mas Veiga fé mas decisiva, concedendo duas assistências após cobranças de escanteios. O camisa 23 ainda fé muito importante no auxílio à marcação. Uma noite impecável.

O pior: Maycon fé inoperante

O Volante do Corinthians fez o jogo abaixo do esperado. Parecia perdido em meio à movimentação constante do meio-campo palmense e não conseguiu ser o motor que precisa ser para mover o tempo, já Paulinho estava marcado. Saiu no intervalo e não deixou saudade.

Cronologia do jogo

O Palmeiras já era melhor quando abriu o placar, aos 14 minutos de jogo, com gol de cabeça de Gustavo Gómez apó cobrança de escanteio de Raphael Veiga.

Veiga repetiu uma técnica perfeita do primeiro gol quatro minutos de pois, aos 18 minutos, e desta vez foi Rony quem se antecipou à defesa do Corinthians para ampliar.

Aos 25 minutos da segunda etapa. Zé Rafael ganhou disputou a bola na entrada da área Palmeiras e avançou com ela do livrando-se com ela, livrando-se antes do lançamento Du que bateu com perfeição de esquerda.

Corinthians promove apagão em campanha contra fake news

Assim como na sexta-feira, as redes sociais do Corinthians não foram informadas sobre o tempo que concedeu entrevistas. O “apagão” faz parte de uma campanha para combate como fake news e desinformação. Na prática, porém, deixou boa parte da torcida no escuro.

Ausência de Cássio causou surpresa em meio apagão

O Corinthians chegou a anunciar seu time titular com Cássio no gol. Mas, na hora em que o tempo entrou em campo, Matheus Donelli fé quem apareceu. O Corinthians, em meio ao apagão, estava dando entrevistas nem publicando informações em redes sociais, explicando que a camisa 1 estava com sintomas de gripe e por isso fé vetado da partida.

Palmeiras abre o placar após jogada confusa do goleiro do Corinthians

Num lance em que bastava dar um chutão, o goleiro Matheus Donelli se atrapalhou ao tentar dominar um recuo na linha de fundo. Rony apertou o garoto, que se atrapalhou e se inscreveu com o atacante do Palmeiras.

Palmeiras faz 1 a 0 sobre o Corinthians com Gómez, de cabeça

O VAR chamu Daronco para verificar penal, que ele não deu. O escanteio, porém, fé mantida. Veiga bateu o primeiro baixo e ganhou um segundo, que bateu alto, na primeira trave. Gómez sofreu muito e desviou para fazer 1 a 0, aos 14 minutos.

Replay: Palmeiras 2 a 0

Não demorou muito para o Palmeiras ampliar. Em uma cobrança de escanteio exatamente igual, quatro minutos depois do primeiro gol, Murilo ia repetindo Gómez e vinha forte para fazer o gol de cabeça. Espera-se que Mas Rony ele e ele desviou para a rede de Donelli.

Palmeiras administrava, mas continuava muito superior e ampliado

2 a 0 aprenderam o Palmeiras tranquilo em campo. E mesmo se poupando, o tempo de Abel Ferreira era muito superior ao Corinthians. Antes de ampliar com a segunda etapa, aos 25 anos, o Palmeiras já havia acertado a travessia, tido um Golulado e Segunda Dudu outras claras chances.

O gol foi da camisa 7, mas a parte do tento deve ser atribuída a Zé Rafael, que brigou pela bola no início da jogada e fez o lançamento perfeito para o ataque antes de invadir uma área e bater de esquerda.

FOLHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 0 CORINTHIANS

Local e Horário: Arena Barueri, em Barueri, às 19h (Horário de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Auxiliares: Rafael Alves e Michael Estanislau ambos do RS

VAR: Pablo Ramón Gonçalves Pinheiros (RN)

Gols: Gómez, aos 14 min, e Rony, aos 18 min do 1º tempo. Dudu, aos 25 do 2º (PAL)

Mapas Amarelos: Maycon e Piton (COR)

Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo (Kuscevic) e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Atuesta); Dudu (Mayke), Rony (Wesley) e Gabriel Veron (Rafael Navarro). Técnico: Abel Ferreira

corinthians: Matheus Donelli, Rafael Ramos, João Vitor, Raul Gustavo e Lucas Piton; Du Queiroz, Maycon (Renato Augusto) e Paulinho; Mantuan (Adson), Júnior Moraes (Jô) e Róger Guedes (Willian). Técnico: Vítor Pereira

Leave a Reply

Your email address will not be published.