Palmeiras batte Juazeirense e avançado na Copa do Brasil com gol de Veiga

O Palmeiras teve muito mas dificuldade do que poderia imaginar diante de uma equipe da Série D, mas conseguiu a classificação na Copa do Brasil. Com gols de Danilo e Raphael Veiga, o time repetiu o placar do jogo de ida, vence por 2 a 1 e está nas oitavas de final.

O Verdão ainda não sabe qual será seu acessório na próxima fase, que será definido em sorteio. Pelo Brasileiro, o tempo volta a campo no sábado (14), contra o Red Bull Bragantino. não Allianz Park.

Tite é xingado

Vale o registro. Após o segundo gol do Palmeiras, o técnico Titus Faith xingado pelos palmeirenses em Londrina: “Titus, contra… Veiga é seleção”.

Cronologia do jogo

No início o tempo de muita dificuldade diante da defesa bem postada da Juazeirense, o Palmeiras só foi abrir o placar aos 41 minutos, com selecionado Danilo, em rebote após cruzamento de Gustavo Scarpa.

A Juazeirense empatou logo que o segundo tempo começou. Ian ganhou a jogada no meio e lançou Deysinho. O lateral do tempo bayano bateu Jorge na corrida e cruzou para trás. Nildo Petrolina recebeu e bateu para empatar o jogo, aos 5′.

O Palmeiras só fé garante a classificação aos 36′, com Raphael Veiga cobrando pênalti.

jogo do Palmeiras

O Palmeiras teve dificuldades na primeira etapa, diante de uma defesa muito bem postada. Até circular a bola, estava complicado. Na etapa, teve ainda mais dificuldade e apresentou futebol americano bem abaixo de suas melhores noites.

Jogo da Juazeirense

Depois de se defender muito bem na etapa inicial, a Juazeirense decide ir ao ar, mas para o jogo na segunda etapa e criou dificuldades para o Palmeiras. Não deixou o Palmeiras criar e partiu muito boa diante da badalada team bicampeã da América.

Faith bem: Scarpa fé quem mas tentou

Na aridez da criação palmeirense, Gustavo Scarpa fé o melhor jogador. Pelo seu setor preferido, do lado direito, chamou o jogo e criou os principais lances.

Evil Faith: Dudu sumiu em campo

O camisa 7 é o coração do ataque. E quando ele não joga bem, o tempo inteiro acaba sofrendo ofensivamente. Na esquerda, ele fez bom primeiro tempo. , na segunda etapa, o Palmeiras — e, com ele.

De lado trocado, Dudu acertou a trave

Abel Ferreira promove uma interessante tática na mudança do lado esquerdo do Dudu para atuar pelo lado attack, um setor que há muito ele. Isso fez com que Scarpa ocupou o lado direito, seu preferido. Logo, a mudança ao meio e um Dudu um corte para arremate de longe no travessão.

Rony aumentando as chances

Já que alguns torcedores voltaram a, Rony de algumas chances em jogos recentes, aniversaria27 anos — Como de fantasia, ele também tentou uma bicicleta, e em uma bola que veio baixa. Pouco depois, perdeu o gol de cabeça após bom passe de Scarpa.

Que dia para Danilo

No dia em que foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, o volante Danilo mostrou, Durante o jogo, que vive mesmo uma fase iluminada. Aos 41′, após jogada ensaiada de escanteio, Scarpa cruzou com efeito, Calaça rebateu e a camisa 28 aproveitou ou rebote para fazer o primeiro do Verdão.

Juazeirense sai para o jogo e empata

No intervalo, o técnico da Juazeirense disse que ia pedir ao seu tempo para jogar mais. E assim fé. Logo aos 5′, o “time da casa” empatou o jogo com Petrolina, após boa jogada de Ian e Deysinho.

Sem criatividade, Verdão é salvo por Veiga

Torcedora do Palmeiras mostra cartaz de apoio a Raphael Veiga

Imagem: Marcos Zanutto/AGIF

Diante de um tempo muito bem organizado defensivamente, o Palmeiras teve dificuldade de criar no segundo tempo e passou na entrada da área de modo quase burocrático. Veiga e Dudu não precisamm fazer, e a bola não chegará a Rony. O Palmeiras só foi conseguir um vaga aos 36′, em mais uma cobrança certa de Veiga. A bola pegou na trave antes de entrar algo inédito para a meia.

FOLHA TÉCNICA:

JUAZEIRENSE-BA 1 x 2 PALMEIRAS
Concorrência:
Copa do Brasil – Terceira fase, jogo de volta
Data e horário: 11 de maio de 2022 (Quarta Feira), às 19h (horário de Brasília)
Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luis Claudio Regazone e Thiago Rosa de Oliveira, ambos também do RJ
Gols: Danilo, aos 41′ do 1º tempo (PAL); Nildo Petrolina, aos 5′ do 2º (JUA), e Veiga, aos 36′ do 2º (AMIGO)
Mapas amarelos: Wendell e Daniel Nazaré (JUA)

JUAZEIRENSE: Rodrigo Calaça; Dadinha, Eduardo, Wendell e Daniel; Waguinho, Patrick, Clebson (Nixon) e Nildo Petrolina (Thalisson); Deysinho e Ian. Técnico: Barbosinha

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gómez, Murilo e Jorge; Danilo, Zé Rafael (Atuesta) e Raphael Veiga (Menino); Dudu (Breno Lopes), Rony (Navarro) e Scarpa. Técnico: Abel Ferreira

Leave a Reply

Your email address will not be published.