Organizada protestou a bordo do Vasco e cobra Zé Ricardo e Carlos Brasil: “Não gostamos do trabalho” | vaso

A semana de pressão no Vasco terminou com protesto no aeroporto. Antes do embarque desta tarde, na recepção da quinta-feira, os membros foram organizados a partir da tarde para fazer a festa de uma torcida Vasco e cobraram o técnico Zé Ricardo, o gerente Carlos Brazil e o meia Nenê. Apesar das palavras duras, não houve agressão.

A principal saída dos torcedores é a confiança do técnico Zé Ricardo, gerente de futebol do Brasil e do CEO Luiz Mello. O treinador fé o mais questionado e quem mais ouviu cobranças. Um torcedor falou duro com ele. Seguranças e militares militares no local, mas membros da organização cercar ou treinador na saída do ônibus.

– Zé Ricardo, o senhor está aqui para escutar. Independentemente de qualquer resultado, não gostamos do seu trabalho. Não sei se tem panela. O senhor não está tendo atitude e cobrança. É você que escala? – pergunta ou o torcedor.

Zé Ricardo Faith cercado durante protesto organizado no aeroporto do Rio — Foto: Reprodução

Zé Ricardo tenta se defender e gravar ou quando assumir Vasco na primeira vez, em 2017, e levou o clube da Libertadores. Um outro torcedor retrucou.

– Isso faz cinco anos, Zé.

Carlos Brazil também foi cobrado no embarque do Vasco — Foto: Reprodução

O gerente Carlos Brasil também ouviu críticas. Um torcedor falou na cara do directente que não gosta do trabalho dele.

Principal jogador do chão, Nenê também foi cobrado e ouviu que eles não aprovaram os torcedores1am a latitude do camisa0, que jogou a braçadeira de capitão no elenco ao ser substituído por Zé Ricardo na estreia na Série B, no empate por 1 1 com o Vila Nova, em São Januário, há duas semanas.

vasco, nenê, aeroporto, protesto — Foto: Reprodução

– Deu mole, Nenê. Uma braçadeira levantou uma Cruz de Malta. Não adianta ser crack se não tem compromisso e respeito. Aqui é torcida organizada. Gostamos muito do seu trabalho, da sua determinação. Mas o que você fez com a braçadeira… Você não é um cara inexperiente. E estamos aqui cobrando – cobrou um membro da organização.

Na última terça, o presidente Jorge Salgado e outros membros da cúpula do clube se reuniram com outra torcida organizada em São Januário, ouvirams, mas respaldaram o trabalho de Zé Ricardo. No mesmo dia a diretoria se reuniu com conselheiros da base de apoio para esclarecimentos sobre o futebol.

Com owe empates nas duas primeiras rodadas da Série B, o Vasco entrou no campo aberto nesta sexta-feira, às 21h30, contra a Arena Chapecoense, na Arena.

O ge vasco podcast está disponível nas seguintes plataformas:

Assistir tudo sobre o Vasco no ge, na Globo e no sportv:

Leave a Reply

Your email address will not be published.