Manchester City e Liverpool empatam com o fim do jejum

Manchester City e Liverpool jogaram uma partida neste domingo (10). A partida terminou 2 a 2 no Estádio Etihad, deixando em aberto a luta pelo título de Primeira Liga Inglesa: apenas um ponto separa as duas equipes. Em campo, De Bruyne e Gabriel Jesus marcaram para o City, enquanto Diogo Jota e Mané marcaram para os encarnados.

A partida, válida pelas 32ªs finais, não mudou muito o panorama da Premier League. Os dois times disputaram 31 jogos, mas o City lidera com 74 pontos – o Liverpool está perto dos 73.

City pressiona e abre o placar

O Manchester City entrou em campo de forma avassaladora. Após apenas quatro minutos, De Bruyne lançou Gabriel Jesus do lado direito do ataque; o brasileiro cruzou rasteiro no meio e Sterling finalizou, mas Alisson conseguiu fazer uma grande defesa.

Na jogada seguinte, porém, o goleiro brasileiro foi derrotado. Após cobrança rápida de falta, Bernardo Silva jogou para De Bruyne, que avançou e chutou com a perna esquerda de fora da área. A bola desviou no caminho, impedindo a chegada de Alisson. Ela até desviou na viga antes de entrar.

Kevin de Bruyne comemora o gol do Manchester City no jogo da Premier League contra o Liverpool

Imagem: Carl Recine/Reuters

Liverpool tenta vencer e empatar

O Liverpool também não queria deixar o adversário se perder. Aos doze minutos, os encarnados chegaram ao primeiro remate e, posteriormente, empataram o jogo. Robertson cruzou a bola para Alexander-Arnold dentro da área. O lateral-direito deu apenas um toque no meio e Diogo Jota dominou a bola e encheu o pé. Ederson até tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

Diogo Jota, do Liverpool, marcou um dos gols do time no jogo da Premier League contra o Manchester City - Phil Noble/Reuters - Phil Noble/Reuters

Diogo Jota, do Liverpool, marcou um dos gols do time no jogo da Premier League contra o Manchester City

Imagem: Phil Noble/Reuters

Aos 22, o Liverpool quase teve sua chance. Walker recuou para Ederson, que deixou a bola deslizar e quase cruzou a linha do gol. Diogo Jota ainda tentou pressionar o goleiro brasileiro, mas conseguiu desviar a bola. As duas equipes começaram a equilibrar as ações, porém, com melhores chegadas do Manchester City, principalmente na lateral esquerda.

Gabriel Jesus dá a liderança ao City

Foi sob pressão do City que saiu o segundo gol do Manchester City. Pouco antes, Cancelo já havia chutado a bola com força, mas ela bateu na rede de fora. De Bruyne rolou no meio da área e Matip o mandou para escanteio.

Na cobrança de falta, De Bruyne manda para o meio da área, Matip empurra de novo, mas a bola fica para Cancelo, que cruza na medida para Gabriel Jesus, aos 36. O brasileiro passa pelas costas de Arnold, se encontra cara a cara. -enfrentou Alisson e finalizou de uma placa. A bola bateu no travessão e entrou. Jesus não marca na Premier League desde setembro.

Walker, Bernardo Silva e Gabriel Jesus torcem após o gol do Manchester City contra o Liverpool - Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images - Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images

Walker, Bernardo Silva e Gabriel Jesus torcem após gol do Manchester City contra o Liverpool

Imagem: Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images

Liverpool empata no início do segundo tempo

Apenas dois minutos do segundo tempo, o Liverpool garantiu o empate, apenas com o aniversariante Sadio Mané. Após boa troca de passes, Salah recebeu a bola e acertou um belo passe no meio da área, encontrando o companheiro. Enfrentando Ederson, Mané ataca com o pé direito, deleita o goleiro brasileiro e chuta de ângulo esquerdo.

Jogadores do Liverpool comemoram gol contra o Manchester City em partida da Premier League - Phil Noble/Reuters - Phil Noble/Reuters

Jogadores do Liverpool comemoram seu gol contra o Manchester City em jogo da Premier League

Imagem: Phil Noble/Reuters

Os Reds ainda continuaram na liderança. Aos seis minutos, Salah recebe cobrança de falta na lateral direita e joga pelo meio, em profundidade, para Diogo Jota. O português finalizou de bico, com a perna esquerda, mas Ederson conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

City tem gol anulado pelo VAR

O City também teve uma boa chance, aos 15 anos, em uma jogada construída pelo brasileiro Gabriel Jesus. Ele dominou a bola na direita, venceu a disputa com Robertson, se livrou de Fabinho e chutou forte com a perna esquerda. Alisson foi derrotado, mas Van Dijk conseguiu salvar a bola.

Dois minutos depois, o City teve uma boa chance com um passe de De Bruyne para Sterling, que aproveitou a saída de Alisson e balançou a rede. A jogada foi analisada pelo VAR e anulada por impedimento pelo atacante.

O jogo perdeu alguma intensidade nos minutos finais, mas ambas as equipas continuaram a tentar. Mahrez, de 43 anos, rabiscou lindamente no ataque e chutou de canhoto, ameaçando o gol defendido por Alisson, mas a bola saiu ao lado. Nos acréscimos, cinco minutos depois, De Bruyne fez o contra-ataque e disparou de pé esquerdo em Mahrez, que atirou pelo meio e, também de pé esquerdo, tentou cobrir Alisson, mas a bola saiu.

Jogadores do Liverpool e do Manchester City disputam a bola durante a partida da Premier League - Matt McNulty - Manchester City/Manchester City FC via Getty Images - Matt McNulty - Manchester City/Manchester City FC via Getty Images

Jogadores do Liverpool e do Manchester City lutam pela bola durante um jogo da Premier League

Image: Matt McNulty – Manchester City/Manchester City FC via Getty Images

FOLHA TÉCNICA

Manchester City 2 x 2 Liverpool
Razão: 32ª rodada da Premier League
Dados: 10/04/2022
Local: Estádio Etihad
Clima: 12h30 (de Brasília)
Cartões amarelos: Robertson (LIV), Thiago (LIV), Bernardo Silva (MCI), Fabinho (LIV)
cartões vermelhos:
Metas: De Bruyne (MCI), 5′ do primeiro tempo (1-0); Diogo Jota (LIV), 12′ do primeiro tempo (1-1); Gabriel Jesus (MCI), 36′ do primeiro tempo (2-1); Mané (LIV), 2′ do segundo tempo (2-2);

Cidade de Manchester: Ederson, Walker, Stones, Laporte, João Cancelo, Rodri, Bernardo Silva, De Bruyne, Foden, Gabriel Jesus (Jack Grealish) e Sterling (Mahrez). Técnico: Pep Guardiola.

Liverpool: Alisson, Alexander-Arnold, Matip, Van Dijk, Robertson, Fabinho, Henderson (Keïta), Thiago, Salah, Diogo Jota (Luis Díaz) e Mané (Roberto Firmino). Técnico: Jürgen Klopp.

Leave a Reply

Your email address will not be published.