Jan Blachowicz supera Rakic ​​no UFC Vegas 54 em luta com final anticlímax – 15/05/2022

Realizado neste sábado (14), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC Vegas 54 terminou de uma inesperada para os fãs de MMA. Na luta principal da noite, Jan Blachowicz derrotou Aleksandar Rakic ​​por nocaute técnico no terceiro round, após interrupção imediata do árbitro central. O austríaco não teve condições de seguir no combate após torcer ou joelho direito durante um movimento de defesa, enquanto Blachowicz ameaçava algumas ações de ataque.

No co-main event do UFC Vegas 54, válido pela categoria meio-pesado, o casca-grossa Ryan Spann teve uma atuação de gala e, ainda no primeiro round, finalizou Ion Cutelaba após aplicar uma bela guilhotina, que forçou os três tapinhas do oponente. Como resultado, Spann se recuperou da derrota sofrida para Anthony Smith em setembro do ano passado.

Ainda no UFC Vegas 54, cinco brasileiros entraram em ação e o aproveitamento foi razoável. No card principal, Amanda Ribas derrotada por Katlyn Chookagian, mas Allan Puro Osso superou o inglês Jake Hadley. Já no card preliminar, Viviane Araújo e Virna Jandiroba derrotaram Andrea Lee e Angela Hill, respectivamente, enquanto Alan Nuguette venceu por Michael Johnson.

Jan Blachowicz supera Rakic ​​em luta com anticlímax final

Ex-campeão meio-pesado, Jan Blachowicz cameçou a luta principal do UFC Vegas 54 after our falls, enquanto Aleksandar Rakic ​​responde com golpes na media distância, sendo menor superior no primeiro round por conta do volume de golpes. Rápido em suas ações, Rakic ​​iniciou o segundo assalto aplicando boa queda sobre Blachowicz. Por cima, o austríaco conectou bon golpes no ground and pound e contabilizou pontos importantes.

A luta anticlimax foi marcada, mas o UFC Vegas 5 foi marcado normalmente por um final marcado. Jan Blachowicz vinha golpeando na mídia à distância e conectando um chute baixo. Em seu movimento de defesa, Ale Rakic ​​​​acabou torcendo o joelho e caiu imediatamente, sem condições de combate. O árbitro central não teve outra opção e interrompeu imediatamente o duelo. Com isso, Blachowicz Faith declarou-se vencedora por nocaute técnico (interrupção médica) e deve enfrentar o vencedor da disputa de cinturão meio-pesado entre Glover Teixeira e Jiri Prochazka, que acontece em junho.

Amanda Ribas foi superada por Chookagian no card principal

Logo no início do primeiro round, no card principal do UFC Vegas 54, Amanda Ribas fez bom uso de sua técnica no Judô e a bela queda sobre Katlyn Chookagian. Depois de sofrer alguns golpes, a americana conseguiu escapar da posição e a luta ficou em novamente, com Katlyn conectando bons golpes e diretos. Com maior envergadura, Choogagian trabalhou bem os golpes na mídia, mas Amanda Ribas respondeu com mais uma queda. A mineira golpeou no ground and pound, mas a americana voltou a mostrar boa defesa por baixo e conseguiu se levantar, terminando parcialmente acertando um bom direto da direita.

No terceiro e último round, Katlyn Chookagian atendeu nos golpes vindos da mídia distância. Amanda Ribas buscou responder, mas encontrou dificuldades para entrar no raio de ação da americana. No fim, a brasileira conseguiu derrubar Chookagian, mas não conseguiu sustentar a posição. Com três rodadas de lutas, os árbitros declararam vitória de segunda Chookagian na decisão dos jurados, ea luta americana em seu quarto triunfo consecutivo no UFC, Amanda perdeu pela vez em suas últimas franquias.

Allan Puro Osso conquistou sua primeira vitória no UFC

Allan Puro Osso e Jake Hadley começaram o primeiro duelo do UFC Vegas 54 na trocação franca. O início da queda, sequência brasileira, o inglês, a boa queda, sequência, o inglês, a inverter a posição por cima, enquanto Allan e a tentativa de rebelião com a tentativa de cima. No segundo assalto, Allan Puro Osso conectou boas quedas e voltou a jogar o logotipo de Jake Hadley em seguida. Por cima, o inglês trabalhou bem seu jogo e ampliou a vantagem sobre a luta na luta.

No terceiro e último round, ciente da desvantagem, Jake Hadley vem parcialmente partindo para cima e derrubou Allan Puro Osso, pegando o brasileiro de surpresa. Por cima, o inglês esboçou um estrangulamento, mas Allan defendeu bem e inverteu a posição. O atleta da Chute Boxe controlou bem as ações na final e a fé foi declarada vencedora na decisão unânime dos jurados, conquistando sua primeira vitória desde que chegou ao UFC.

Viviane Araújo derruba Andrea Lee e recupera

Ultimamente Brasileira na ação no card preliminar do UFC Vegas 54, Viviane Arajo começou o duelo recebendo uma forte queda de Andrea Lee, que equilibrou e levantou uma sequência de golpes. Na Brasileira, você vai se recuperar, ou vai chegar, em Levar, na Americana para o solo em duas oportunidades antes do fim do primeiro round. A brasileira cresceu de produção no segundo assalto, voltou a levar o confronto para o chão e, por cima, passou a golpear com potência no ground and pound, mantendo sua posição de domínio da parcial.

Confiante, Vivi Araújo começou o terceiro round aplicando uma nova queda sóbria Andrea Lee. A brasileira tentou passar a guarda, mas a americana reagir e o combate empé novamente. Na sequência, Viviane golpeou e levou seu oponente mas uma vez para o, onde se manteve mantido o final. Vitoriosa em decisão unânime no card do UFC Vegas 54, Viviane Araújo é recuperada ou sonhada por Katlyn Chookagian e voltou a vencer dentro da organização.

Alan Nuguette é nocauteado e ampliado em fase

Com golpes precisos, o brasileiro Johnson começou bem no duelo contra Alan Nuguette no Vegas 54. O UFC tentou golpear para encurtar a distância e derrubar o americano, mas não teve sucesso e não conseguiu desenvolver seu jogo nos primeiros cinco minutos. No segundo round, Johnson continua incomodando com seus golpes de esquerda e, de forma estratégica, também golpeava no clinch. Nuguette, encontrou todo o custodiado o americano frustrar todas as suas tentativas.

Na reta final do segundo assalto, Michael Johnson voltou a colocar golpes com mais potência, e um deles pegou em cheio no queixo de Alan Nuguette, que desabou. Com isso, o americano só precisa aplicar mais golpes e uma interrupção do tempo de duração central. Com o resultado positivo, Johnson volta a vencer no UFC amargar a serie de quatro derrotas seguidas, enquanto Nuguette vai para sua quarta luta sem vitória, com três revese e um “No Contest” (luta sem resultado).

Virna Jandiroba supera Angela Hill

Primeira atleta do Brasil em ação no UFC Vegas 54, Virna Jandiroba iniciou a luta para tentar levar Angela Hill por solo e conseguiu. De início, a brasileira buscou a chave de pé, mas não teve sucesso e o combate voltou a ficar em pé. No segundo round, as lutas foram para a trocação, mas a americana partiu para o clinch, na tentativa de encurtar a distância. Jandiroba, por sua vez, respondeu com mais uma boa queda e buscou o armlock logo em seguida, mas Hill defendeu bem novamente.

Em desvantagem, Angela Hill começou o terceiro e último round partindo mais uma vez para a troca, mas Virna Jandiroba teve calma e, com técnica, levou a americana novamente para o chão. Por cima, a brasileira buscando uma finalização, mas não conseguiu. Apesar disso, pelo seu domínio ao longo dos três rounds, Jandiroba saiu vitorioso na decisão unânime dos jurados no UFC Vegas 54, recuperando-se da derrota sofrida para Amanda Ribas, em outubro.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 54
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sabado, 14 de maio de 2022

cartão principal
Jan Blachowicz derrotou Aleksandar Rakic ​​por nocaute técnico (interruptção médica) no 3R
Ryan Spann finalizou Ion Cutelaba com uma guilhotina no 1R
Davey Grant derrotou Louis Smolka por nocaute técnico no 3R
Katlyn Chookagian Amanda Ribas por determinação de fortaleza dos jurados
Manuel Torres derrotou Frank Camacho por nocaute técnico no 1R
Allan Puro Osso derrotou Jake Hadley por decisão unânime dos jurados

Cartão preliminar
Viviane Araújo derrotou Andrea Lee por decisão unânime dos jurados
Michael Johnson derrotou Alan Nuguette por nocaute técnico no 2R
Virna Jandiroba derrotou Angela Hill por decisão unânime dos jurados
Tatsuro Taira derrotou Carlos Candelario por decisão unânime dos jurados
Andre Petroski finalizou Nick Maximov com um estrangulamento no 1R

Leave a Reply

Your email address will not be published.