Handebolista do Goioerê é contratado por clube de Portugal

Atleta goiano Pedro Lucas tem contrato de um ano com seleção portuguesa

Pedro Lucas Moraes Cardoso Francisco Lopes, 20 anos, vai vestir a camisola da Associação Desportiva São Pedro do Sul, Portugal. Pedro parte para Portugal no dia 1 de fevereiro. Desde 2020, o atleta Pedro Lucas – o “Cowboy” como é chamado – joga em São Paulo, pela equipe do São Carlos, no handebol profissional onde disputou os maiores campeonatos do Brasil.

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO

Pedro com sua mãe Elizangela Cardoso

“Quando fui para o profissional achei que estava jogando muito bem, mas lá vi que era iniciante” – conta o goioerense que explica que nos últimos dois anos cresceu tanto que sempre entrou nos campeonatos brasileiros com excelentes atuações, onde Pedro dividiu o relvado com jogadores que até então só via na televisão e muitos dos quais eram adeptos e na altura adversários.

E agora o pivô vai enfrentar um novo desafio jogando em Portugal. Mas Pedro não tem medo de desafios, e para chegar onde está hoje, teve que superar muitas críticas de treinadores que diziam que ele não iria longe. “Peguei todas as críticas e coloquei em quadra e ganhei” – diz Pedro, explicando que em seus 10 anos de handebol teve que treinar muito. “Não cheguei aqui por talento, mas por dedicação e superação”.

Falando em Portugal, o atleta Pedro diz: “Nunca imaginei chegar tão longe em tão pouco tempo e jogar a nível europeu” – e diz que é um sonho realizado, e agora a seleção brasileira de andebol vai sentir falta.

Pedro Lucas embarca a 1 de fevereiro e terá tempo para treinar e já tem jogo no fim-de-semana que chega a Portugal. O atleta explica que a equipa participa no campeonato português que está em plena época e espera estrear-se na equipa como titular.

O atleta Pedro em seu último time, em São Carlos, onde atuou como profissional

TRAJETÓRIA NO ESPORTE

Pedro é um dos 4 filhos da orgulhosa mãe Elizangela Cardoso, conhecida em Goioerê por seu talento na cozinha. Começou cedo no esporte e por acaso. Aos 10 anos, quando treinava no Ginásio 10 de Agosto em Goioerê, futsal, outro esporte do seu coração. Enquanto aguardava o início do treino, ele assistiu ao treino de handebol e gostou. O técnico Ederson Stefenetti de Oliveira “Verde” aproximou-se dele e perguntou se ele queria treinar e ele rapidamente concordou.

No final da sua participação no futsal, treinou com a equipa da escola MNR no Clube de Campo

Até os 14 anos treinou as duas modalidades e só deixou de jogar futsal quando recebeu o primeiro convite para jogar por outra cidade. Pedro se lembra com orgulho de ter feito parte do time de handebol Goioerê, onde conquistou, na equipe Sub 10, o campeonato paranaense.

Em 2017 mudou-se para o Alto Paraná, onde permaneceu por duas temporadas. Lá foi campeão paranaense na categoria sub-18, campeão da Copa São José na categoria juvenil e 5º no campeonato brasileiro de clubes.

Em 2019, recebeu convite para jogar pelo Jussara onde terminou em 3º lugar no Paranaense Chave Ouro, na categoria Sub 18, e 3º lugar no Paranaense Chave Prata na categoria Adulto. No mesmo ano, também jogou pelo time de Londrina no Campeonato Brasileiro de Clubes.

Em 2020, sua vida dá uma guinada. Ele jogará em São Carlos/SP, em sua primeira competição de alto nível. A partir daí iniciou uma rotina de treinos acompanhado por uma nutricionista e uma fisioterapeuta, o que lhe garantiu uma excelente participação nas competições, e onde permaneceu até ao final do ano passado, quando em novembro recebeu o convite para jogar em Portugal.

LOJA DE CONFIANÇA: Entre em contato (44) 3522-1096 (whatsapp)

Leave a Reply

Your email address will not be published.