Grêmio reclama da arbitragem após gol anulado e expulsão contra o CRB: “Não é a primeira vez” | grêmio

Apesar da terceira vitória consecutiva e liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, ou Grêmio ficou na bronca com a arbitragemm da partida contra o CRB. Após a partida de sábado, treinador, presidente do clube e vice-presidente de futebol reclamaram de duas decisões que consideraram equivocadas.

Um dos principais lances que despertou indignação no lado tricolor foi o gol anulado de Elias. Segundo tempo, o atacante recebeu de Biel na grande área e marcou o que seria o terceiro gol do Grêmio. Porém, o VAR traçou as linhas 3D e decidiu pela anulação do lance, por impedimento.

Roger Machado contestou essa decisão e falhou que, para ele, a posição do ataque era legal. Já concluímos o presidente Romildo Bolzan opinou que a conclusão foi feita sobre o que é possível tirar uma conclusão.

– Eu tenho aqui (no celular) a linha que foi montada para examinar o lance. Ali não tem condição de ver se foi impedimento ou não. Não tem condição – disse o mandatário.

Hoje o Elias estava em posição regular no gol

— Roger Machado, treinador do Grêmio

Aos 27 min do 2º tempo – revisão do VAR de Elias do Grêmio contra o CRB

A polêmica da partida fé aos 46 minutos do segundo tempo. Nicolas acertou um pisão no calcanhar do jogadoru depois, ou arbitro Felipe Fernandes de Lima deu vantagem no lance, mas logo mostrou o cartão vermelho para o jogador do Grêmio. Com a expulsão, o lateral-esquerda, que é líder em assistência na temporada, fica de fora do jogo contra o Cruzeiro.

Dênis Abrahão, vice de futebol, diz que começou a rir quando viu o árbitro expulsar Nicolas. No seu entendimento, fé um lance natural, sem intenção do agente de atingir ou proponente.

– Na expulsão do Nicolas eu posso rir. o outro passageiro o outro lado a lado, Nicolas passou eo pé. Se isso é caso para expulsão, teremos 20 por jogo. Com o VAR tem que minimizar o erro e acho que não minimizando – reclamou o vice.

– O que estamos juntos do Nicolas Faith os olance juntos. Não foi com o pé em cima do jogador. Os devemos sair juntos e, às vezes, pegar o calcanhar de alguém, assim, mas não por alguém. Achei uma demasia a expulsão dele – acrescentou Romildo.

O técnico Roger Machado exigiu Durante a entrevista coletiva mais isonomia por parte da arbitragem. Segundo o comandante, os erros têm sido recorrentes contra o clube.

– Temos que ter equilíbrio. Não é menos, nem mais. Temos que intentar, mas não é a primeira vez que isso acontece para o nosso lado – reivindicou.

Roger Machado em entrevista coletiva após vitória contra o CRB — Foto: Eduardo Moura/ge.globo

Após a derrota para a Chapecoense, na rodada da Série B, o Grêmio entrou com uma reclamação formal na Comissão de Arbitragem da CBF por conta de um lance feito na área Ricardinho dentro da segunda e que sirapênalti a favor do Tricolor. Como resposta o parecer da Ouvido não busca, erro da arbitragemm.

Após essa partida, Dênis Abrahão se reúne como presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme. Segundo o dirente gremista, Wilson admitiu que não houve nenhum erro. Ao ser questionado se iria solicitar uma arbitragem de alto nível para a próxima rodada, contra o Cruzeiro, Romildo Bolzan diz que não fará isso, pois confia que a comissão de arbitragem vai saber o que fazer.

– Eu parte do princípio da boa fé e que não precisa ser dito. Ele (Wilson Semene) sabe do tamanho do jogo vai e se colocar uma arbitragem de compromissodora pagar um preço, o do descrédito. Estão cientes disso. O Grêmio não precisou reclamar. Eles vão ver o tamanho do jogo, das camisas, porque vão começar a secar as pontas do campeonato – completou o presidente.

O Grêmio visitou o Cruzeiro, no Mineirão, no próximo domingo, dia 8. As duas equipes brigam na parte de cima da tabela e têm o mesmo número de pontos, 10. O Tricolor se reapresenta na terça-feira para começar a preparação para a sexta rodada da Série B.

Leave a Reply

Your email address will not be published.