Fortaleza marca no fim e bate Flamengo; jogo tem briga na torcida

O Fortaleza barco o Flamengo por 2 a 1, na tarde de hoje (5), pela nona rodada do Brasileiro. Os visitantes foram muito superiores no primeiro tempo e ainda na frente no Maracanã, o Rubro-Negro buscou o empate antes do intervalo. O Leão do Pici te deu o triunfo já nos finais. No intervalo, houve uma briga na arquibancada

Willian Arão errou na saída de bola e o Fortaleza abriu ou placar com Robson, aos 27′ da etapa inicial. Antes do intervalo, aos 49′, Everton Ribeiro salvou a atuação ruim da equipe no primeiro tempo e deixou tudo igual após tabela com Ayrton Lucas. Em, o Fla melhorou na segunda etapa e teve a chance de virar logo no começo, mas Pedro bateu na trave a cobrança de pênalti. Já no fim, Hércules mandou para a rede e garantieu o triunfo do Fortaleza.

Com a derrota, o tempo carioca fica na 10ª colocação, com 12 pontos. Já o cearense vence a primeira no torneio, porém ainda amarga a lanterna da competição, com apenas cinco pontos.

Briga na arquibancada

Briga entre torcedores tomou conta no Setor Norte do Maracanã no intervalo

Imagem: Alexandre Araújo/UOL

Duro o intervalo, uma briga entre torcedores tomou conta no Setor Norte do Maracanã, e um grande clarão se abriu na arquibancada. Policiais Militares chegaram para apartar a.

Quem fé bem: Everton Ribeiro e Robson

O meia do Flamengo, que ficou responsável pela criação do time, não teve vida fácil com a marcação adversária, mas, quando teve espaço, conseguiu fazer a diferença. Robson, por sua vez, apareceu bem nas costas da defesa do tempo da casa e levou perigo ao gol de Hugo em algumas lanças — foi o autor do gol que abriu o placar.

Quem acredita no mal: Pablo e Ronald

O zagueiro não esteve um bom dia, e se mostrado abaixo do esperado. Além de cisões equivocadas, ouço erro de posicionamento. Foi pelo lado dele que o Fortaleza conseguiu criar as melhores oportunidades. Ronald teve atuação um pouco mais discreta em relação aos companheiros de setor

Desempenho do Flamengo

O Flamengo começou o jogo com uma formação três volantes no meio, com Arão, João Gomes e Andreas Pereira. O time buscou construir algumas jogadas, mas demonstrava lentidão na saída de bola. Ao mesmo tempo, o setor defensivo sofria no lado direito, setor onde o Fortaleza criou as melhores chances.

No intervalo, Pablo e Arão, que vinham mal no jogo, foram substituídos, assim como João Gomes, que deu lugar ao atacante Vitinho. O Fla mudou um pouco de cara a assustar mais o que passou e passou. Após um período mais “morno”, voltou a animar a torcida, principalmente em jogadas pela esquerda, com Bruno Henrique.

Desempenho do Fortaleza

O Fortaleza fé a campo com um 3-5-2 e soube explorar bem asas. O time visitante au nas construções em velocidade e mais vertical, com alguns lancements mais longos. E, assim, encontrou espaços nas costas da defesa rubro-gra, criando oportunidades claras de gol.

Na volta do intervalo, manteve a proposta, mas acabou vendo o Fla ganhar um pouco mais de campo. Ainda assim, fé perigosa nosso contra-ataque — David Luiz tirou uma bola em cima da linha.

quase

O Fortaleza quase abriu o placar com Robson. O atacante recebeu lance nas costas da defesa, avançou na saída de Hugo, mas carimbou a trave.

Partida esquenta

O jogo ficou mas movimentado. O Flamengo tentou a construção para ir ao ataque, mas não imprimir o ritmo imaginado na saída bola. O Fortaleza, por sua vez, buscava ser mais vertical quando tinha a posse.

O time carioca chegou perto de balançar a rede após a defesa do leão bater cabeça e bola sobrar para Everton Ribeiro, na área. Ele bateu forte e acabou mandando por cima da meta.

Placar aberto

O Flamengo vinha cometendo sucessivos erros na defesa, e o Fortalezacessivos cometendo erros nas oportunidades. Até que Arão errou na saída e mandou nos pés de Jussa, que dominou e acionou Robson. Com um toque por cima de Hugo, o atacante balancou a rede.

Logo após a torcida, a volante do Flalance desculpas aos companheiros, e ouviu as vaias da torcida.

De volta protestos para abri

Após o Fortaleza abrir o placar, o Flamengo tentou fazer pressão na busca do empate, mas ainda cometia muitos erros. Mas, por meio de uma oferta, realizar boas ações e criar — em certo momento, do Leão isso, oportunidades, o Rubro-Negro “na roda”, mas a finalização saiu à esquerda do gol.

Neste cenário, a torcida do Fla começou a protestar contra o horário. Nos acréscimos do primeiro tempo, e com o placar desfavorável, o volume das críticas aumentou, mas Everton Ribeiro recebeu deyrton e bateu no cantinho para tudo igual.

Pedro perde pênalti

O árbitro Leandro Pedro Vuaden não anotou em campo, contudo, após consultado ao monitor do VAR anotou pênalti no toque de Benevenuto em Pedro dentro da área. O centroavante foi para a cobrança, mas parou na viagem.

Goleiros são necessários

Como duas equipes tiveram chances para marcar o segundo gol, entretanto pararam nos goleiros adversários. 22 de agosto, Boeck defendeu uma boa cabeçada de Vitinho.

Três minutos depois, foi a fez de Hugo trabalhar, depois de contragolpe do Leão. Hércules desviou na segunda trave eo arqueiro evitou o gol. A bola ainda ficou em cima da linha ate Ayrton Lucas afastou-se do perigo.

Fla vacila novamente, e Fortaleza não perdoada

Após um passe errado de Filipe Luís no ataque, já nos acréscimos do segundo tempo, Romero passou por Matheuzinho e Hugo fez uma grande defesa. No rebote, Hércules o pegou de primeira para decretar triunfo do Fortaleza.

Trabalhos próximos

Os clubes voltam a jogar pela 10ª rodada. Na quarta (8), às 20h30, o Rubro-Negro visitou o Bragantino no Nabi Abi Chedid. Na quinta (9), às 20h, o Tricolor recebe o Goiás no Castelão.

Vaias

Antes de a bola rolar, o técnico Paulo Sousa Faith vaiado por parte da torcida quando teve o nome anunciado no telão do Maracanã.

Diego Alves fora do banco

Relacionado para o confronto com Fortaleza, o goleiro Diego Alves ficou fora do banco de reservas. O Fla teve Hugo titular e Matheus Cunha como opção.

Recentemente, Paulo Sousa e Diego Alves protagonizaram uma polêmica, e a relação entre o goleiro e a comissão técnica estremeceu. Este foi o primeiro jogo que o camisa 1 esteve na lista desde quando indicou um quadro de pubalgia.

PA na área

Rubro-ne participougro edição, o atleta Paulo André, que da de 2022 do BBB, esteve no Maracanã. Ao aparecer em uma das tribunas, fé festejado por torcedores e recebido por fotos.

FOLHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1 x 2 FORTALEZA
Concorrência:
Série A do Campeonato Brasileiro – 9ª rodada
Dados: 5 de junho de 2022, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Gols: Robson, aos 27’/1ºT (FOR), Everton Ribeiro, aos 49’/1ºT (FLA), Hércules, aos 46’/2ºT (FOR)
Mapas amarelos: Pablo, David Luiz, Bruno Henrique (FLA); Ronald, Juninho Capixaba, Landazuri, Robson (FOR)

FLAMENGO: Hugo; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo (David Luiz) e Ayrton Lucas (Filipe Luís); Willian Arão (Thiago Maia), João Gomes (Vitinho) e Andreas Pereira; Everton Ribeiro (Lázaro), Bruno Henrique e Pedro (Silvio Romero). Técnico: Paulo Souza.

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Landazuri, Benevenuto e Titi; Jussa (Lucas Crispim), Ronald (Hércules), Zé Welison e Juninho Capixaba; Yago Pikachu, Romarinho (Moisés) e Robson. Técnico: Juan Pablo Voivoda.

Leave a Reply

Your email address will not be published.