Flu e Santos criam pouco e empatam na estreia do Brasileirão

Fluminense e Santos empatou por 0 a 0 na tarde deste sábado, no Maracanã, em duelo válido pela primeira rodada do Brasileirão 2022.

O jogo teve poucas chances de gol para as duas equipes. O Flu cometeu muitos erros ao tirar a bola tentando criar jogadas, mas o Peixe não soube aproveitar as situações. Na melhor chance do Rio, Fred acertou a trave na segunda mão.

O Fluminense volta a campo nesta quarta-feira, quando visita o Junior Barranquilla (COL), da Colômbia, pela Copa Sul-Americana. O Santos, por sua vez, também entra em campo para o torneio continental: recebe o Universidad Católica (EQU), também na quarta-feira, às 19h15.

O melhor: Cano

O atacante tricolor incomodou demais a defesa santista durante todo o jogo. Cano conseguiu fugir e, ao receber a bola, não demorou muito para chutar o gol. Foi responsável por mais da metade das finalizações do Fluminense

Pior: Yago Felipe

Sem ajudar muito na marcação e pecar muito na saída de bola, entregando três bolas para o Peixe, Yago Felipe teve uma atuação muito ruim no Maracanã. Partiu no intervalo para o Nonato entrar

linha do tempo do jogo

O jogo teve pouca emoção. O Fluminense dominou o jogo e teve mais posse de bola, mas foi ineficaz na criação de jogadas. Como resultado, o goleiro João Paulo fez algumas defesas simples com chutes de longa distância, mas foi só isso.

A melhor chance do jogo veio aos 39 minutos do segundo tempo. Luiz Henrique encontrou Fred nas costas de Bauermann, ele avançou e chutou forte, rasteiro, para acertar a trave do goleiro João Paulo.

Desempenho Santos: Reativo e ineficiente

O técnico Fabián Bustos derrubou os três zagueiros, mas o padrão foi reativo. O Peixe passou a maior parte do jogo defendendo e esperando o erro do Fluminense para atacar. Os cariocas, aliás, cometeram vários erros, principalmente na hora de soltar a bola, mas o Peixe não foi eficaz na criação de chances.

Maicon apaga os maus começos

Se o Peixe importava, era o zagueiro Maicon. O zagueiro santista fez um jogo questionável na estreia na Copa Sul-Americana, mas não teve culpa do gol sofrido pelo Santos ao cortar o ataque do Banfield (ARG). Mesmo assim, a segurança que passava pelo Flo hoje ainda não havia passado. De baixo para cima, ele foi um dos principais contribuintes para manter o zero no placar.

Jogo do Fluminense: Bola no Cano

Diante da postura fechada do Santos, o Fluminense lutou para romper a marcação adversária, mesmo controlando a posse de bola e sendo pouco ameaçado na defesa. Uma solução foi investir na bola aérea, onde o time de Laranjeiras conseguiu aproveitar a defesa do Santos. Cris Silva, na ala esquerda, se encarregou de conseguir avançar ainda mais no campo, enquanto Cano, centralizado, concentrou os chutes.

FOLHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 0x0 SANTOS

Concorrência: Campeonato Brasileiro, 1ª rodada
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Dia: 9 de março de 2022, sábado
Programa: 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
ajudantes: Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Michael Stanislau (RS)
OU: Daniel Nobre Bins (RS)
Amarelo: Manoel, do Fluminense;

FLUMINENSE: Fábio; Nino, Manoel e David Braz (Luccas Claro); Calegari (Willian), André, Yago Felipe (Nonato), Nathan (Luiz Henrique) e Cris Silva; Arias e Cano (Fred). Técnico: Abel Braga

SAÚDE: João Paulo; Madson (Velázquez), Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Willian Maranhão, Rodrigo Fernández e Zanocelo (Sandry); Ricardo Goulart (Pirani), Jhojan Julio (Bryan Angulo) e Marcos Leonardo (Lucas Barbosa). Técnico: Fabien Bustos

Leave a Reply

Your email address will not be published.