Ferrari hesita e se coloca em risco diante da Red Bull que ousa mais – Notícia de Fórmula 1

Max Verstappen conquistou Miami em 2022 terceira vitória (Foto: Red Bull Content Pool)

” alt=””/>

UMA VEZ MAS, tem Red Bull surpresa em 2022. É bem verdade que havia uma carga esperada por uma boa apresentação dos tanos, diante da decisão por um acerto de menor aerodinâmica, oferecendo uma velocidade em reta. A fórmula era mais ou menos a mesma corrida na Arábia Saudita, que acabou em vitória de Max Verstappen. Para que, em Miami, outras variáveis ​​​​entraram na proteína, como o calor e desgaste dos pneus. Sem contar a verdade, que ainda sombra como garagens dos energéticos – e, de fato, problemas não faltaram ao longo do fim de semana. No entanto, uma equipe austríaca soube as melhores condições do circuito do sul explorador da Flórida, sendo também surpreendido por uma mudança no tempo. Dessa forma formada, o cenário ficou perfeito para o mundo do mundo, que muitas vezes deixa passar como essa.

Verstappen conquistou uma importante vitória em Miamiassim como fazera em Ímola, há duas semanas. A terceira no grid foi anulada logo nos primeiros metros, quando suportou a disputa com Carlos Sainz e obrigou o espanhol a tirar o pé, em prol do companheiro de equipe, Charles Leclerc. A liderança fé uma questão de tempo. Max já virava mais rápido que o líder monegasco – que, por sua vez, sofria com os médios pneus. 9. De daí, o holandês comandou a tourada e só fé na parte final, quando os compostos incomodados deram uma nova chance a Leclerc. Ainda assim, o homem leva o #1 no carro não perfeito que um ataque maior.

Fé uma prova fisicamente difícil, como o próprio Max mas atrasado. De fato, os pilotos ajudam os carros mas cansados ​​que o normal. O calor ea umidade em Miamialém da desafiadora pista, sou dos concorrentes, em especial dos owe postulantes título de 2022.

▶️ Inscreva-se em nossos canais imperdíveis do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Histórias da Web: Uma classificação de F1 após GP de Miami

mas agora com uma vantagem de 19 tentos. Essa performance é explicada pelo salto de qualidade dado pela Red Bull em Ímolaquando as configurações mais rapidamente certeiras, mas também a capacidade pela qual os cenários serão mais rapidamente diferentes.

Na Itália, o frio e a chuva foram elementos que forçaram uma mudança de planos. TEM Red Bull resolver o desafio e ousou com suas peças novas – o conjunto pegou a Ferrari nenhum contra-atacado. Em Miami, os austríacos não hesitaram na escolha do acerto. No final velocidade fé fundamental, a equipe ainda contornou com a queda de temperatura para tirar mas dos pneus, e isso também pavimentou a vitória deste domingo.

Há ainda esse Verstappen escaldado na disputa de um título. O que diz muito sobre sua posição diante do grid atual é o fato de que venceu todas as provas que concluímos ate aqui. Max segue forte e implacável nas disputas corpo a corpo. Sabe que também é precisor. E tem sido recompensado.

Ferrari nenhum momento. Um F1-75 continuou um carro muito bom e rápido. É consistente e não quebra – o maior trunfo dos ferraristas em 2022. Mas, assim como o RB18, também precisa de adjus. Leclerc negociou com os médios e virou uma presa fácil. Depois, depois de uma saída do safety-car, as condições melhoraram com os pneus duros, mas será tarde amanhã.

Diante do que fez o monegasco nas voltas finais, ficou a impressão de que a escuderia vermelha poderia ter sido mais atrevida. O SC abriu uma chance para um pit-stop extra. Um último impulso para pegar o rival. Ainda que o holandês tivesse a seu favor uma velocidade de reta, Charles tinha desempenho nas curvas e um ajuste melhor poderia jogar um tempero em momentos derradeiros. Faltou açao do pit-wall.

TEM Ferrari não dominou mas como no início da temporada, mas ainda tem a liderança de ambos os campeonatos nas mãos. É certo dizer que há tempos os certos ferraristas não se viam nessa condição e ainda que talvez o descostume trave decisões, mas o confronto com a Red Bullcom essa Red Bull que a fé na guerra em 2021, requer um pouco mais de ousadia e fúria.

Ágora, um F1 volta por casa. O GP da Espanhol é o próximo e guarda muito espera entre os vermelhos. Há um enorme pacote de atualizações vindo aí de Maranello. É um investimento gigante, na tentativa de algo que também é um grande trabalho que funciona, precisa melhorar. Pode ser, sim, o ponto chave para os italianos. Porque tem Red Bull não para. E nem Verstappen.

” alt=””/>

Acesse como versões em espanhol e português-PT Faz GRANDE PRÊMIOalém dos porqueiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.