Fagner, Renato Augusto “zero” e tanque cheio: Corinthians terá mudanças para a Libertadores | Corinthians

A Corinthians venceu o Botafogo 3 a 1 na estreia brasileiraneste domingo, deixou uma grande impressão na torcida pelo bom primeiro tempo que fez no Rio de Janeiro, mas não repetirá a formação na próxima partida, contra o Deportivo Cali, da Colômbia, na quarta-feira, às 21h, pela Libertadores.

Em um jogo que precisa vencer após estrear com derrota para o Always Ready da Bolívia na primeira rodada, técnico Vítor Pereira já deixou claro que vai levar para o relvado uma equipa que está de “tanque cheio”com uma energia capaz de sustentar o jogo e manter a intensidade e competitividade.

Nesse processo, entre Renato Augusto. No Rio de Janeiro, o jogador ficou no banco durante os 90 minutos de jogo mesmo sem nenhuma lesão. A ideia da comissão técnica seria usá-lo apenas em caso de emergência, o que não aconteceu em um jogo em que o Timão fez 3 a 0 no primeiro turno.

Vitor Pereira em Botafogo x Corinthians — Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

– Conversamos, o Renato é um líder nato, se necessário ele iria para o jogo, a gente administrava um pouco, misturava juventude com experiência (na segunda etapa), ficou acertado que se necessário ele iria para o campo, mas não sentimos necessidade. Ele tem a possibilidade de chegar na quarta clara, com zero, e acho que fomos bem – disse o treinador.

A situação de Renato pode ser a mesma de Gil, que também estava na reserva. A dúvida com ele é se o técnico gostou da dupla formada por João Victor e Raul Gustavo, o que poderia garantir que o veterano permaneça no banco de reservas. Robson Bambu, também opcional, tende a uma lesão muscular.

De volta Fagner, que não jogou no Rio por ter sido suspenso pelo STJD por dois jogos por expulsão contra o Juventude na última rodada do Brasileirão do ano passado. Ele não jogou na Bolívia devido a uma lesão muscular. João Pedro foi titular nos dois jogos e alternou entre bons e maus momentos.

Destaques: Botafogo 1 x 3 Corinthians pela 1ª rodada do Brasileirão 2022

Conforme esclareceu o treinador em entrevista coletiva, a tendência é que o titular Corinthians mudar de turno para turno. No meio-campo, por exemplo, nomes como Du Queiroz, Maycon, Paulinho, Renato Augusto, Cantillo e Giuliano disputarão apenas três vagas.

O ataque também é contestado. Jô foi titular contra o Always Ready e perdeu posição para Róger Guedes contra o Botafogo. Júnior Moraes, recuperado das dores lombares, voltou a treinar nos últimos dias, esteve ausente da viagem, mas poderá voltar a ser uma opção para o corpo técnico.

Por enquanto, portanto, a composição é uma questão em aberto.

“Venha forte para o campeonato brasileiro”, projeta Careca Bertaglia | A voz da multidão

Contra o Botafogo, Willian e Paulinho deixaram a partida no intervalo, quando o Corinthians venceu por 3 a 0. O camisa 10 reclamou de dores na coxa esquerda no final do jogo de ida e, após sua saída, passou por tratamento com gelo. Paulinho, também na reta final da partida, sentiu desconforto muscular em um sprint. Eles serão reavaliados em São Paulo, mas isso não deve ser um problema.

Willian após ser substituído no Botafogo x Corinthians – Foto: Reprodução

— Foto: Reprodução

A ge corinthians podcast está disponível nas seguintes plataformas:

+ Assista: saiba tudo sobre o Corinthians na Globo, sportv e ge

Leave a Reply

Your email address will not be published.