Duílio fala sobre sonho de manter Maycon no Corinthians e apresenta do Boca à arbitragem

O presidente do corinthiansDuílio Monteiro Alves, passou pela zona mista do estádio Nabi Abi Chedid, onde o Timão bateu o Red Bull Bragantino, no último domingo (8)pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

> GALERIA – Veja todos os técnicos estrangeiros da história corintiana
> TABELA – Confira a tabela e simula os jogos do Timão no Brasileirão

O mandatário corintiano evitou projectar uma continuidade do meia Maycon, que tem se destacado o seu retorno ao Timão, há pouco mais de um mês, mas não descartou o desejo de fazer uma investida para comprar em definitivo do atleta. O meia está emprestado desde fevereiro pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, país que está com o futebol suspenso, pois vive confito armado com a Rússia.

– (Maycon é) Um grande jogador, a fé formada aqui, voltou muito bem e está muito ajudando. Lógico que a gente que permanecerá com ele, mas é muito cedo, contrato de demonstração a fim do ano. Se a gente tiver oportunidades, vanade do jogador, valores valorizados seja viável, temos vanade.

Mesmo com o link de cessão sendo a fim do ano, os direitos de Maycon seguem do Shakhtar, que pode negociar o participante quando, inclusive na janela de transferências do meio ano, que abre no dia 1º de julho. O Corinthians não teria direito a uma compensação financeira limitada, somente a possibilidade de cobrir uma oferta. Mas como o Continente talvez venha a compreender que o tem mercado na Europa, talvez esta proposta do Velho seja provavelmente o Timão terá dinheiro para cobrir.

O Corinthians trabalha com uma engenharia financeira onde o fim definitivo da camisa pode ser viável para a conclusão de uma estrutura definitiva do clube, e com a possibilidade de viabilizar a compra em quanto do 5.

BOCA E ARBITRAGEM

Duílio viu com naturalidade o Fato do Boca Juniors, da Argentina. à última partida, kits com camisas equipe de arbitragem antes do jogo contra o Always Ready, da última rodada da Libertadores. O clube argentino será o próximo clube do Timão na Liberta, no próximo dia 17 de maio, na Bombonera.

– Eu vi como normal, são kits, camisas. Isso é normal, entre clubes, torcedores e também apresentam ocorrência. Espero que tenha uma ótima arbitragem, importante campeonato, e isso não é o que preocupa. O que reclamamos é a ausência de VAR nesta fase. É uma competição importante no continente – destacou Duílio.

Os deve times já se cruzaram no Brasil, com vitória corintiana por 2 a 0, na Neo Química Arena, com os gols marcados justamente por Maycon.

Confira outras respostas de Duíio na zona errada:

VITÓRIA SOBRE RED BULL BRAGANTINO

– Sempre é bom vencer, e um time bom e organizado como o Red Bull a gente sai muito conteúdo, principalmente com a entrega e vosade.

INÍCIO DE TRABALHO NO BRASILEIRO E LIBERTADORES

– A gente está satisfeito com a melhora. Tem a melhorar, os campeonatos são duros, os muitos adversários. O tempo vai oscilar poque está em formação, mas a gente está muito contente com o início nas duas países.

INGRESSOS CONTRA A PORTUGUESA-RJ

– São muitos jogos, a gente ouve todos os torcedores, uma parte que não teve condição de ir, mantivemos os preços do Paulista. Jogo importante, decisivo, a Neo Química Arena, com a nossa torcida, deixa o Corinthians mas forte. Não tem mais jogo fácil, todos os aparelhos têm dificuldades. A gente conta com campo na quarta-feira para chegar na Copa do Brasil.

RÓGER GUEDES E AUSÊNCIA DE TITULARIDADE

– Nada amanhã. Róger Guedes é um grande jogador, nosso artilheiro na temporada, faz grandes jogos, não tem nada além disso. Assim como não jogou um jogo, outros não jogaram. Isso faz parte, gerencia e protegem os olhos, mas claro que não vem poupando, e muito bem, todos eles protegem todos os jogadores.

.

Leave a Reply

Your email address will not be published.