Dívida dispensada pelo ala e vale mais: como a Inter comprou Alan Patrick do Shakhtar | Internacional

A confirmação do retorno de Alan Patrick à Inter nas últimas horas da janela de transferências veio após uma longa e exaustiva negociação com o Shakhtar. O clube ucraniano não quis concluir o empréstimo, mas concordou em vender o jogador em troca do perdão de dívida mais uma soma de dinheiro.

Alan Patrick tinha contrato com o Shakhtar até o final de 2025 e assinou com a Inter até abril do mesmo ano. Para manter o jogador, o clube gaúcho vai pagar 400.000 euros (cerca de 2 milhões de reais no preço atual) e cancelamento de uma dívida de 1,5 milhão de euros (7,57 milhões de reais) do clube ucraniano.

O valor descontado no negócio refere-se a parte da compra do lateral-direito Vinicius Tobias, que foi vendido pela Inter ao Shakhtar em julho passado e já está emprestado ao Real Madrid. O clube ucraniano não pagou sua dívida, citando uma situação financeira delicada devido à guerra entre a Ucrânia e a Rússia.

Alan Patrick marcou quatro gols para o Inter na primeira assistência — Foto: Alexandre Lops/Divugação Inter

Foi assim que os executivos do Colorado conseguiram desatar o nó corporativo e finalmente confirmar a contratação na terça-feira, último dia da janela nacional. A Inter tinha um acordo com o jogador de 30 anos desde o início de abril, os ucranianos precisavam ser convencidos. Desde o início das negociações, o Shakhtar descartou a possibilidade de um empréstimo.

Esse modelo de negócios também não agradou ao próprio Alan Patrick, que queria uma transferência de longo prazo devido à incerteza sobre o futuro da Ucrânia após a eclosão do conflito armado com os russos.

Entre o fim de semana e segunda-feira, a resistência ucraniana diminuiu as esperanças da direção do Inter na conclusão do acordo. Foi realizado um grupo de trabalho para tentar concluir a transação, com atuações dos mais diversos setores do futebol, sob a liderança do presidente Alessandro Barcellos.

Na opinião do clube, o esforço se justifica. O Colorado entende que o meio-campista será importante para o elenco de Alexander Medina. além da experiência internacionalAlan Patrick chega com a esperança de organizar a equipe e elevar a qualidade geral dos demais jogadores.

A confirmação da contratação merecia um grande anúncio. A Inter produziu um vídeo em que Taison, capitão da equipe e companheiro de Alan Patrick no Shakhtar, chama seu parceiro para recebê-lo e torcer para um retorno bem-sucedido a Porto Alegre.

Em sua primeira passagem pelo Beira-Rio, entre 2013 e 2014, o meia disputou 49 partidas, com quatro gols e uma assistência, e conquistou o título gaúcho de 2014.

A chegada do jovem de 30 anos à capital gaúcha ainda não tem data definida. O meio-campista está no Brasil desde 25 de fevereiro, três dias após passar por uma cirurgia na Alemanha por causa de uma hérnia inguinal. O atleta não estava em solo ucraniano no momento da invasão russa.

O último jogo de Alan Patrick foi no dia 7 de novembro, quando o Shakhtar venceu o Kovos Kovalivka por 3 a 1 pelo campeonato local. Na ocasião, o meio-campista contribuiu com duas assistências. Nesta temporada, ele está em campo em 20 jogos, com quatro gols e seis assistências para seus companheiros de equipe marcar.

Taison e Alan Patrick voltarão a trabalhar juntos — Foto: Site oficial do Shakhtar Donetsk

Leave a Reply

Your email address will not be published.