Corinthians aumenta receita em 2021, mas dívida chega a R$ 1 bilhão; veja o raio-x das finanças | Corinthians

Demonstrativo financeiro enviado aos membros do conselho de administração Corinthians mostra que o clube aumentou suas receitas e reduziu suas despesas em 2021 para fechar as contas no azul novamente – após quatro anos consecutivos de déficit. O Timão terminou a temporada passada com superávit de R$ 5,69 milhões.

O resultado é comemorado internamente no Corinthians principalmente porque aconteceu em um ano em que o clube praticamente não negociou nenhum atleta. As receitas da venda dos direitos económicos foram apenas R$ 28,2 milhõesQue representa R$ 161 milhões menos que em 2020.

A dívida do Alvinegro, porém, continua em patamar elevado, 1 bilhão de reais. Este valor não inclui os valores de financiamento do Neo Química Arena. A Corinthians tem acordo com a Caixa Econômica Federal para pagamento de R$ 569 milhões em 20 anos – serão descontados R$ 300 milhões do valor que o clube receberá pela venda do nome do estádio.

O conselho alvinegra adota critérios diferentes daqueles dar no cálculo da dívida. Segundo as contas do Timão, o saldo era de R$ 949,2 milhões em 2020 e caiu para R$ 912 milhões no ano passado.

Evolução da dívida de Corinto

No curto prazo (prazo até um ano), a dívida do Corinthians é de 568,1 milhões de reais. Isso inclui empréstimos, obrigações com fornecedores, direitos de imagem em aberto, encargos sociais, impostos, entre outros.

Esse valor é superior a todo o lucro líquido previsto para a temporada 2022 (561,6 milhões de reais). Por isso, a diretoria alvinegra deve buscar renegociações com os credores para prorrogar o prazo de pagamento.

Tal endividamento gera um alto custo de Corinthians com encargos financeiros. O clube planeja gastar R$ 81 milhões em juros neste ano.

Composição da dívida de curto prazo do Corinthians

Valores que o Timão deve pagar em até um ano

O restante da dívida deve ser pago no longo prazo, sendo a maior parte referente a impostos escalonados (359,2 milhões de reais).

Em 2021, a maior fonte de renda do Corinthians estava com direitos de transmissão de TV. A arrecadação, que em 2020 era de R$ 160,1 milhões, passou para R$ 265,9 milhões no ano passado.

O segundo maior foi patrocínio e publicidade, que passou de R$ 71,1 milhões em 2020 para R$ 126,3 milhões em 2021.

O crescimento está atrelado a novos contratos assinados pelo Timão, mas também a valores que estavam “contidos” no ano anterior por conta da pandemia do coronavírus, que adiou o fim do Brasileirão.

No total, o Corinthians arrecadou R$ 447,7 milhões com futebol e mais R$ 54,8 milhões com clube social e esportes amadores, totalizando R$ 502,5 milhões.

Receita do Corinthians em 2021

Empossado no início de 2021, o presidente Duílio Monteiro Alves limpou as finanças do Corinthians. Para isso, recorreu aos serviços de consultoria da Falconi e da KPMG, com o objetivo de reduzir custos e otimizar a gestão.

O balanço do ano passado mostra que houve redução de custos no futebol, mas não no clube social e no esporte amador.

As despesas gerais e administrativas de futebol caíram de R$ 78,5 milhões para R$ 24,1 milhões, enquanto as relacionadas a serviços de terceiros caíram de R$ 31,6 milhões para R$ 12 milhões.

No entanto, os custos com pessoal (que incluem salários de jogadores e demais funcionários do departamento) passaram de R$ 188 milhões em 2020 para R$ 207,7 milhões em 2021, um aumento de 10%.

No esporte amador e no clube social, há aumento dos custos com pessoal, serviços terceirizados e custos gerais e administrativos. No total, essas áreas registraram déficit operacional de 2,8 milhões de reaisapesar de uma distribuição das despesas administrativas do futebol de R$ 13,9 milhões.

Em 2022, segundo ano do mandato de Duilio Monteiro Alves, o Corinthians espera intensificar a recuperação financeira do clube e pretende aumentar ainda mais suas receitas. A projeção do clube é encerrar o ano com superávit de 10 milhões de reais.

— Foto: Reprodução

A ge corinthians podcast está disponível nas seguintes plataformas:

+ Assista: saiba tudo sobre o Corinthians na Globo, sportv e ge

Leave a Reply

Your email address will not be published.