Bragana: torneio na grama rene juvenis do continente

Torneio realizado na HWT Sports Academy.

Foto: Divulgação/CBT

Bragança Paulista (SP) – Uma oportunidade única para os tenistas de toda a América do Sul na categoria 14 anos: competir em um torneio com quadras de grama contra as melhores atletas do continente. Assim estará na Copa Cosat, torneio juvenil que reunirá jovens de 10 países em Bragança Paulista (SP) na semana entre 16 e 21 de maio.

A estrutura deste evento inédito realizado no Brasil foi montado na HWT Sports Academy, com oito quadras de grama – o mesmo tipo de piso que é utilizado no tradicional torneio de Wimbledon. Os campeões e finalistas da Copa – tanto no masculino feminino – serão classificados para um evento de nível mundial contra jovens de outros países em um evento como organizado pelos organizadores do Grand Slam britânico. A viagem será com despesas pagas pela Cosat e por Wimbledon.

Serão 32 meninos e 32 garotas lutar pela oportunidade de chegar à decisão. Classificaram-se para o torneio seis atletas de cada país – Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Por ser país selvagem, o Brasil indicado para quatro cartões. Estarão apresenta no torneio oito que fazem parte do top 10 do ranking sul-americano da melhor Cosat e nove meninas entre as indicações do garoto.

“Sempre buscamos, dentro de nossa gestão, dar continuidade a projetos de qualidade já pré-existentes, além de buscar grandes novos projetos para déenvolver ainda mais o tênis do Brasil e de toda a região sul-americana. Rafael Westrupp, presidente da Confederação Sul-americana de Tênis (Cosat) e da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Neste sábado, todos os tenistas chegam ao palco da competição. No domingo, o dia será dedicado aos treinamentos para ambientação na grama e congresso técnico. A competição terá início segunda na feira, com finais de programas para sábado.

Lista de atletas por país

Masculino

Argentina: Dante Pagani, Benjamin Chelia, José Gabriel Fernandez

Bolívia: Juan Pablo Cartagena, Luis Miranda, Thiago Mendieta

Brasil: Francisco D’Amorim, Pedro Dietrich, José Guimarães, Filipe Bullamah*, João Cunha*

Chile: Alonso Vera, Marcelo Riveros, Miguel Vergara

Colômbia: Alejandro Castellanos, Lucas Velasco, Eduardo Jaramillo

Equador: Lucas Yunez, Emilio Camacho, Juan Salvador

Paraguai: Álvaro Frutos, Cayo Narvaez, Tadeo Avalos

Peru: Nicolás Baena, José Ignacio Moreyra, Ricardo Ramos

Uruguai: Adrian Piven, Máximo Garrone, Felipe Vázquez

Venezuela: Carlos Morante, José Roberto Traboulsi, Ignacio de Armas

feminino

Argentina: Candela Vázquez, Luna Cinalli, Sol Larraya

Bolívia: Valery Sumoya, Emilia Bustillos, Luciana Trigosso

Brasil: Leticia Marangoni, Pietra Rivoli, Ana Cruz, Sofia Albieri*, Luisa Guimarães*

Chile: Camila Rodero, Agustina Soto, Isidora Lisboa

Colômbia: Maria José Sanchez, Amelia Hinestrosa, Mariana Pinzon

Equador: Viktoria Monge, Ana Paula Jativa, Manuela Merlo

Paraguai: Victoria Lopez, Catalina Delmas, Zoe Doldan

Peru: Micaela Moro, Yleymi Muelle, Francesca Rodriguez

Uruguai: Sofia Barbosa, Paula González, Gabriana Muela

Venezuela: Mariángel Estrella, Sabrina Balderrama, Bethania Bonaguro

*Cartas Selvagens

Leave a Reply

Your email address will not be published.