Benfica Antevisao Juve Lis Andebol mulheres

TEM Seleção feminina do Andebol do Benfica A um escasso jogo de voltar a conquistar o título de campeã nacional, 29 anos depois. Para isso tem de vencer (ou empatar) frente na Juve Lis, às 17h30 de sábado, 14 de maio, no Centro Desportivo Juve Lis, em Leiria. O treinador João Alexandre Florêncio e a capitã Adriana Lage anteviram o desafio de caráter definitivo.

Na antecamara da partida, João Alexandre Florêncio garante um grupo “que vai com muita jornada do Nacional” e crente de alcançar o objetivo proposto, materializando na conquista uma época ao longo do campeonato nacional realizado nas 22 épocas do Campeonato Nacional

“É um equipa está com muita disponibilidade Eu sinto isso chegou o momento de ganhar e de darmos uma alegria aos nossos adeptos e Sócios. O Benfica é um clube que luta sempre por títulosnosso estivemos muito tempo sem ganhar [29 anos], mas podemos ganhar agora. Estas empresas estão dispostas euma vez que só duas [Odete Tavares e Viktoriya Borshchenko] é que sabem o que é ser campeãs. Estamos convictos que vamos alcançar este feito já no sábado”, afiançado, em declarações à BTV, lance o duelo da 23.ª jornada.

Treino do andebol feminino

“Este time é muito bom” e sente que chegou ou ganhamos e de uma alegria aos nossos

João Alexandre Florêncio, treinador do Benfica

Na antevisão, o treinador das águias pediu elogios às atletas que lideram e desejou que o andebol feminino alcance ou que outras formações do Clube lograram no passado fim de semana de 7 e 8 de maio.

Elas tem o ADN do Benfica, sabemos da responsabilidade que é jogar aqui. Treinamos sempre como se pit o último treino, jogamos como o pit ou último jogo. Essa é a nossa mentalidade desde o início. Sabendo que a Juve Lis está a lutar para não descer, mas tem as suas competências e vamos estudar a equipa. Queremos repetir neste fim de semana o que as equipas femininas [polo aquático, basquetebol e futebol] oh voleibol carteiras: títulos nacionais, excelentes prestações e molduras impressionantes”, recordou.

A partida tem lugar em Leiria. Apesar de ser fora de casa, o técnico acredita que os Benfiquistas vão marcar presença nas bancadas e festejar o título com a equipa.

“O jogo é a uma hora de Lisboa. Todos os Benfiquistas que nos queiram acompanhar, teremos todo o prazer em partilhar estas alegrias com os nossos adeptospois é para isso que segue todos os dias”, frisou João Alexandre Florêncio.

Treino do andebol feminino

A pivô encarnada Adriana Lage também perspetivou o desafio com a Juve Lis. A capitã assume alguma pressão por ser o “jogo do título”, mas assegura que todas são “muito tranquilas e confiantes”.

“Estamos todas muito calmo e confiante. o nosso objetivo todos os dias para alcançarmos e sabemos que está cada vez mais perto. Queremos que chegue sábado, ganhe a Juve Lis e ganhe o título“, desculpe.

O jogo realiza-se no Centro Desportivo Juve Lis. Por fora de portas, o grau de dificuldade aumenta, mas a 17 destaca a capacidade de trabalho do plantel.

“Em casa delas é sempre mais complicado. Temos esta pressão de ser o jogo do título, que podemos vencer e festejar o Campeonato. Acho que é um jogo que está ao nosso alcance. O grupo está cada vez mais unido. Temos trabalhado imenso todos os dias para alcançarmos o objetivo”, revelou.

Treino do andebol feminino

“Gostaríamos muito de poder contar com o apoio dos nossos adeptos, porque seria uma grande alegria levantar a taça e festejar com eles”

Adriana Lage, capitã e pivô

Tal como o treinador, João Alexandre Florêncio, também Adriana Lage pediu a presença em massa dos adeptos para poderem festejar juntos no fim.

“Estamos todas muito empenhado em jogar este jogo e muito de poder contar com o apoio dos nossos adeptos, porque seria uma grande alegria levantar a taça e festejar com eles”, assumindo uma capita.

Leave a Reply

Your email address will not be published.