Barboza tem bons momentos, mas não consegue no UFC

Ali estava Edson Barboza, um dos maiores chutadores da história do Ultimate. O friburguense vitória aplicar a sua especialidade, o ponto de flertar com os iniciais ao aplicar knockdown nos segundos do terceiro round. Contudo, de fato, Bryce Mitchell viva o momento especial. O norte-americano resistiu e, assim como em boa parte do combate, fez prevalecer o seu jogo de chão contra Barboza. O peso-pena resistiu aos potentes cai e venceu por decisão unânime dos juízes (30-25, 30-26 e 30-27), levantando este cartel para 15-0.

Tal resistência fez parte do contexto do duelo desde os primeiros momentos da rodada inicial. Não foram poucos os quedas consecutivas desferidas por Barboza nas pernas de Mitchell. O americano devolvia os baixos falls, mas sem a mesma potência. Com pouco menos de um minuto de luta, o americano acertou um jab e desequilibrou o friburguense.

Caído junto à grade, Barboza viu Mitchell se estabilizar sobre ele no chão, apostando em cotoveladas e socos na cabeça e nas costelas. O brasileiro controlou o americano ate conseguir se levantar. Nos últimos segundos, Barboza acertou alguns golpes no rival, que aparentou ter sentido.

Na volta para o segundo round, após Edson desferir alguns golpes isolados, Mitchell conseguiu uma derrubada com cerca de 30 segundos de luta e voltou a dominar o combate com o jogo de chão. Mais uma vez, fazer o oponente, os brasileiros devem montar a força e travar o esforço brasileiro a lutar para montar o adversário.

O americano se manteve ativo no chão e golpeou as costelas do friburguense. Barboza chegou a se erguer, mas Mitchell usou o wrestling para voltar derrubá-lo. Montado junto à grade, o americano desferia golpes e evitava dar chance a Barboza de sevantar, terminando o round por cima no chão e vencendo novamente.

Sem grandes alternativas, Edson Barboza começou bem o terceiro round em busca de nocautear o oponente. E de fato conseguiu um knockdown nos segundos iniciais, mas sem abalar Bryce Mitchell. O americano derrubou e, em seguida, brasileiro mas uma vez. Barboza chegou a tentar encaixar um triângulo, mas o americano defendeu. Aparentando cansaço, em luta que exigiu bastante, o lutador de Nova Friburgo ainda tentou reagir, mas não conseguiu se importa ao americano.

Aos 35 anos de idade, Barboza agora soma 22 vitórias e 11 derrotas na sua carreira no MMA. Desde que desceu ao peso-pena (até 65,8 quilos) em 2020, são duas vitórias e três derrotas. Após um revés polêmico contra Dan Ige, o friburguense venceu duas seguidas, incluindo um nocaute impressionante contra Shane Burgos, antes de sofrer um nocaute contra Giga Chikadze em agosto. Antes da luta, Edson era o décimo colocado do ranking pesopena, mas deve perder algumas posições.

Mitchell, especialista no chão, era o 11º, mas não deve passar por nenhum ranking. No cartel são nove vitórias por finalização. É apontado por parte dos fãs e da impressão especializado como uma das grandes promessas do esporte na categoria peso-pena do UFC. O americano de 27 anos venceu todas as 15 lutas oficiais de MMA (perdeu uma luta no reality show The Ultimate Fighter, mas essas exposições não contam para o cartel oficial), incluindo cinco no UFC.

Resultados do UFC 272

CARTÃO PRINCIPAL

  • Colby Covington vence Jorge Masvidal por decisão unânime
  • Rafael dos Anjos venceu Renato Moicano por decisão unânime
  • Bryce Mitchell vence Edson Barboza por decisão unânime
  • Kevin Holland recebe Alex Cowboy por técnico do nocaute
  • Sergey Spivak dá as boas-vindas a Greg Hardy para

CARTÃO PRELIMINAR

  • Jalin Turner recebe Jamie Mullarkey para técnico
  • Marina Rodriguez recebe Yan Xiaonan por sua decisão
  • Nicolae Negumereanu venceu Kennedy Nzechukwu por fortaleza Negumereanu
  • Maryna Moroz recebe Mariya Agapova para finalização
  • Umar Nurmagomedov vence Brian Kelleher para finalização
  • Tim Elliott vence Tagir Ulanbekov por decisão unânime
  • Ludovit Klein recebe Devonte Smith por decisão de fortaleza
  • Dustin Jacoby vence Michal Oleksiejczuk por decisão unânime

Leave a Reply

Your email address will not be published.