Bagnaia bate record da pista pelo 2º GP e garante pole na França

Assim como havia feito no GP da Espanhao italiano Francesco Bagnaia voltou a se destacar no treino classificatório do GP da França da MotoGP neste sábado e cravou a pole position com tempo record em Le Mans. O Circuito Bugatti ainda terá dobradinha da Ducati, já que Jack Miller fechou na segunda posição. Aleix Espargaro, da Aprilia, fechou o Top 3, enquanto o líder do Campeonato Fabio Quartararo ficou com uma colocação em quarta.

Tive dificuldades para parar a moto no TL4, mas a equipe fez um pequeno adjus na moto e melhorou muito. Estava um pouco assustado no qualificatório, mas ao meu tempo consegui ir muito bem no Q2. primeira pole em Le Mans, então estou muito feliz”, afirmou Bagnaia após a corrida.

Bagnaia agora espera repetir o recebimento do GP da Espanha, sem qual fé vencedora após lançamento como pole position. O companheiro de tempo Miller também celebrou o desempenho da Ducati.

Espargaró falou sobre a pressão e o desempenho final. “Eu tinha que me segurar nessa moto porque se acontece algo não teria. No segundo pneu, eu me senti bem e fiz o máximo que poderia fazer a pista”, comemorou o espanhol

Campeão mundial e líder do MotoGP, Quartararo ficou desapontado com a quarta colocação colocação em casa. O francês começou bem tanto no treino livre quanto no Q2, mas perdeu espaço na reta final do classificatório e largará na segunda fila. O piloto da Yamaha é acompanhado por perto pela dupla da Ducati Enea Bastianini e Johann Zarco.

Brigando nas primeiras posições do campeonato, Alex Rins brilhou no treino livre, mas espaço no Q2 e largará em oitavo, atrás do companheiro de Suzuki Joan Mir. Jorge Martin completou um terceiro fila.

COMO FOI OU CLASSIFICATÓRIO

Quartararo Faith destaque desde os treinos books, com tempo 1:31.444. O piloto inglês da Yamaha mostrou que estava mesmo se sentindo em casa desde as primeiras voltas. A dupla da Suzuki feita por Rins e Bagnaia também se destacou e fechou o Top 3.

Quando estava na briga, Marc Márquez sofreu uma queda na volta, mas não teve problemas para retornar à disputa no Q2. Na repescagem do Q1, Jorge Martin e Joan Mir foram os melhores pilotos e aprenderam ao Q2. Marco Bezzecchi chegou a ameaçar na última volta, mas ficou com o terceiro tempo por sete milésimos.

Francesco Bagnaia abriu com bom tempo e começou o Q2 na frente, mas foi ultrapassado por já na terceira volta. Martin também nivelou por cima nos tempos e entrerou com o terceiro melhor. Sem retorno decisivo para a definição da pole, Bagnaia fez volta de 1min30seg450 para assumir a pole, batendo o registro da faixa.

A estratégia da Ducati para a parte final do Q2 não poderia ter sido melhor. Miller também cravou bom tempo para fazer a dobradinha. Aleix Espagaro havia entrado na terceira posição logo após o retorno à pista e se manteve, o Quartararo ficou fora do Top 3. Os pilotos da Honda ficaram todos grudados no Q2 e ocuparam as últimas posições com Marc Márquez (10º), Pol Espargaro (11º) e Takaaki Nakagami (12º).

Confira a ordem de largada do GP de França deste domingo:

1º – Francesco Bagnaia

2º – Jack Miller

3º – Aleix Espargaró

4º – Fabio Quartararo

5º – Enea Bastianini

6º – Johann Zarco

7º – Joan Mir

8º – Alex Rins

9º – Jorge Martins

10º – Marc Márquez

11º – Pol Espargaró

12º – Takaaki Nakagami

13º – Marco Bezzecchi

14º – Maverick Viñales

15º – Luca Marini

16º – Fabio Di Giannantonio

17º – Miguel Oliveira

18º – Brad Binder

19º – Franco Morbidelli

20º – Andrea Dovizioso

20º – Alex Márquez

21º – Remy Gardner

23º – Pasta Darryn

24º – Raúl Fernández

.

Leave a Reply

Your email address will not be published.