Aston Villa contrata Coutinho por € 20 milhões em negócio bom para todos

O Aston Villa confirmou a contratação de Philippe Coutinho, de 29 anos, em definitivo junto ao Barcelona por € 20 milhões (£ 17 milhões) e o contrato falhou com o brasileiro por quatro anos, de 2026. O meia fez concessões para que o o brasileiro por quatro anos, de 2026. avançasse, como redução em 70% do seu salário para o negócio saísse e ele pudesse ficar na Inglaterra, segundo o Birmingham Mail. O Barcelona ainda fica com direito a 50% do valor de qualquer transferência de Coutinho para outro clube.

O valor chama a atenção porque Coutinho foi dos negócios mais caros da história do futebol mundial. O Barcelona pagou € 135 milhões para tirar o jogador do Liverpool e levar ao Camp Nou, em janeiro de 2018. A vosade do jogador foi o que mais pesou naquele momento. Sua chegada ao clube catalão foi uma das muitas contratações que o Barcelona ainda não fez rescaldo da absurda venda de Neymar ao PSG por € 222 milhões, em agosto de 2017. E como tantas, não funcionou.

Coutinho teve problemas de dificuldade, além de um rendimento abaixo do que se esperava dele pelo patamar que chegou. Chegou a ser garantido ao Bayern de Munique na temporada 2019/20 e jogou, bávaros, aquele fatídico 8 a 2 que o clube alemão apurou nos catalães pela Liga dos Campeões. Deixaria Munique com 38 jogos disputados e 11 gols marcados, mas o clube não quis pagar para ficar com ele em definitivo. Ainda voltaria ao Barcelona no próprio ano de 2020, mas não conseguiu ter espaço. No total, foram 106 jogos com a camisa do Barcelona, ​​com 25 gols marcados. Deixou o clube em janeiro sem deixar saudades.

A chegada definitiva de Coutinho é a ótima contratação para o Aston Villa, por um valor acessível ao clube em um mercado tão inflacionado. Jogador 29 anos, com grandes qualidades técnicas e motivador para conseguir plusrar que ainda pode ser o jogador que se tornou um dos melhores da sua posição quando defender o Liverpool. O Vasco tem direito a 2,5% do total da transferência como clube trainador e fica com € 500 mil (R$ 2,7 milhões), o que certamente ajuda o clube.

É bom também para o Barcelona, ​​​​porque Coutinho tinha um salário altíssimo e tinha um problema para o clube. A sua venda libera espaço na folha salarial – já que cerca de 65% do salário dele ainda era pago pelos blaugranas, mesmo com ele aprimorado ao Villa. O clube quer contratar Robert Lewandowski e Saída de Coutinho ajuda nisso. É bom também para Coutinho, que está em um tempo que confia, onde ele é importante, além de ser um clube com muita história e a torcida muito fanática. Tem o ambiente ideal para render bem e seguir brilhando.

Uma redução salarial crucial para que o negócio se torne possível. Nossos salários para clubes como Barcelona e Real Madrid normalmente são suficientes para a mídia, mas quando não conseguimos comparar com um clube como o Aston Villa, longe dos superclubes europeus. O apostou em Coutinho em janeiro e o jogador retribuiu essa confiança com redução de salário e uma aposta para ser destaque do tempo dirigido por Steven Gerrard, com quem Coutinho jogou no Liverpool.

Philippe Coutinho, do Aston Villa (divulgação)

” data-medium-file=”https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?fit=960%2C540&ssl=1″ data-large-file=”https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?fit=708%2C399&ssl=1″ loading=”lazy” width=”708″ height=”399″ src=”https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?resize=708%2C399&ssl=1″ alt=”” class=”wp-image-393665″ srcset=”https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?w=1400&ssl=1 1400w, https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?resize=960%2C540&ssl=1 960w, https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?resize=640%2C360&ssl=1 640w, https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?resize=768%2C432&ssl=1 768w, https://i0.wp.com/trivela.com.br/wp-content/uploads/2022/05/Coutinho-Aston-Villa.jpg?resize=390%2C220&ssl=1 390w” sizes=”(max-width: 708px) 100vw, 708px” data-recalc-dims=”1″/>

Philippe Coutinho, do Aston Villa (divulgação)

Gerrard fé crucial para a contratação de Coutinho em janeiro. O treinador conhecido de perto o potencial do brasileiro ao comer e jogar com ele no Liverpool que ele pode brilhar sob o seu. Desde que chegou a Birmingham, Coutinho tem correspondido às expectativas. Foram 16 partidas até aqui, com quatro gols marcados. O jogador atua tanto pela ponta esquerda, puxando para o meio, quanto centralizado atrás dos atacantes. Pelo meio, asias, fé onde ele jogou a maioria dos jogos.

A contratação é anunciada em um momento que Coutinho um pouco de rendimento, mas ainda conseguiu ser importante e fazer um bom jogo contra o Liverpool na última rodada, por. O meia é um jogador de muitos que certamente pode ajudar muito o Villa. É uma aposta dos nossos lados, que se sente confortável em seguir com o que viram ate aqui.

“Essa é uma contratação brilhante para o Aston Villa. Philé um modelo profissional e seu impacto no grupo foi muito claro desde que chegou, em janeiro”, afirmou o treinador Steven Gerrard.

“Com uma maneira como ele se comporta e fora do campo, ele também é um modelo valioso para nossos jogadores mais jovens, que só podem se beneficiar de sua experiência. Em medida que procuramos construir para a próxima temporada é incrível trabalhar em um clube de forma decidida e tranquila”, continua o treinador.

Philippe Coutinho voltou a ser uma presença constante na seleção brasileira comandada por Tite. O jogador já fez 67 jogos pela seleção e esteve na Copa do Mundo de 2018 como titular. Tem tudo para novamente estar no elenco para a Copa 2022 no Catar, no fim do ano, depois de retornar bem nos jogos com a camisa do Brasil. Está na convocação mas recente de Tito, feita nesta quarta-feira.

Leave a Reply

Your email address will not be published.