Areias de Matinhos recebe final do Circuito Brasileiro de Handebol de Praia

Atletas de diversos estados do país estão no Paraná para participar da fase final do Circuito Brasileiro de Handebol de Praia, nas areias de Caiobá, em Matinhos. Neste domingo (16) a final do torneio, o sonho de conquistar o título de campeão brasileiro e competir em nível internacional se tornará realidade para uma das equipes, nas modalidades feminina e masculina. O concurso faz parte das atividades do Verão Paraná – Viva a Vida 2021/2022 e foi organizado pela Superintendência de Esportes do Paraná.

“Os jogos são muito competitivos. A competição, até agora, é uma incógnita, pois não há times favoritos. A todo momento, as equipes são obrigadas a se reinventar, se aprimorar e se superar para continuar vencendo, e é por isso que o esporte é a minha vida”, disse a atleta Andreza Rodrigues Arruda, do Rio de Janeiro. Desenvolvimento do Esporte e da Cultura (IDEC – RJ).

“E com as disputas abertas ao público, o handebol de areia é cada vez mais valorizado, e o Brasil vem à tona”, reforça Andreza.

Essa equipe iniciou a competição com duas vitórias consecutivas na manhã desta sexta-feira (14). Jogando como curinga do time, Andreza diz que o alto nível dos times e as partidas acirradas elevam o nível do Brasil em relação a outros países.

Representante do Paraná, a atleta do AHPA/SESPOR de Paranaguá, e também investigadora da polícia civil, Herdretti Carina, mostra paixão pelo handebol e muito orgulho do nível de sua equipe.

“Chegamos até aqui e vamos para a final. Poder representar o Paraná com tanta determinação e emoção mostra com muita clareza que as meninas do time e eu temos um objetivo comum: vencer. E poder fazer isso na areia das praias paranaenses, e mostrar que todos os nossos esforços para atingir um alto nível de desempenho geraram resultados, é nossa grande motivação para continuar competindo”, disse.

De acordo com o superintendente-geral de Esportes, Helio Wirbiski, todos os esforços do governo do estado para levar o circuito brasileiro de handebol de praia às praias paranaenses mostram o quanto o esporte em geral é valorizado no Paraná.

“Oferecer eventos dessa magnitude ao nosso Estado é benéfico tanto para o handebol, que está cada vez mais presente no Brasil, quanto para o próprio Estado, que se destaca entre os demais pela valorização das atividades esportivas relacionadas à cultura brasileira”, afirma Wirbiski.

Segundo ele, o evento também permite que pessoas de outras partes do país conheçam o litoral paranaense e suas belezas, podendo se tornar turistas em outros momentos, além de promover o comércio.

ARENA DE ESPORTES – Graças a um esforço conjunto entre o Governo do Paraná e a Confederação Brasileira de Handebol de Praia, as eliminatórias, semifinais e finais acontecem nas estruturas da Superintendência de Esportes e seguem até domingo (16), gratuitas para o público.

“Treinamos muito para chegar até aqui, então sermos acolhidos em uma estrutura como essa, acomodações impecáveis ​​e alimentação adequada, mostra o quanto as atividades esportivas são valorizadas no Paraná. Dá uma nova motivação para as equipes darem o seu melhor”, disse O técnico da equipe do IDEC do Rio de Janeiro, Bruno Mendonça.

De acordo com o diretor de handebol de praia da Confederação Brasileira de Handebol, Wellington “Gulliver” Esteves, desde o início do circuito, o governo paranaense tem o compromisso de levar esse esporte ao povo paranaense, oferecendo estrutura, pessoal e organização aos fazer – operá-lo.

“A base do handebol vem crescendo a cada ano e agora tivemos a oportunidade de trazê-la para o Paraná, com uma estrutura incrível que beneficia a competitividade do esporte e da população, que consegue acompanhar de perto alguns dos melhores atletas do país”, explica ao diretor. “E o Paraná está sempre muito bem representado na competição pelo time de Paranaguá, em disputa acirrada com times do Rio de Janeiro, Paraíba, Rio Grande do Norte e São Paulo”.

A fase final da competição começou com as partidas preliminares masculina e feminina nesta sexta-feira (14), às 9h30, e seguiu até a tarde. Neste sábado (15) acontecem as principais disputas entre as equipes com mais pontos na competição e, no domingo, as disputas nas semifinais e na final do Circuito Brasileiro de Handebol, com a modalidade masculina às 12h20 e o feminino às 13h

HISTÓRICO – A primeira e a segunda etapa do Circuito Brasileiro de Handebol de Praia aconteceram em João Pessoa, na Paraíba, a terceira em Santos (SP) e a final, agora, em Matinhos.

“As equipes masculinas e femininas que vencerem o circuito, ao final, não só garantem o título de campeãs brasileiras da modalidade, como também conquistam uma vaga em campeonatos internacionais de handebol, como o coordenado pela Confederação de Handebol do Sul e América Central (Coscabal), que também estamos tentando trazer para o Brasil”, diz o diretor Gulliver.

Acompanhe o calendário de partidas em Mulheres e não Homem.

Leave a Reply

Your email address will not be published.