Análise: a intensidade do “1 a 11” traz o São Paulo rejuvenescido para a final do Campeonato Paulista | São Paulo

Intensidade é a palavra que resume a última tarde de domingo vivida pelo São Paulo no estádio do Morumbi. Do primeiro ao último minuto, o ritmo acelerado, principalmente sem a bola, fez a diferença para Habs venceu o Corinthians por 2 a 1no Morumbi, e seguir em frente até a decisão do Paulistao contra o Palmeiras, na luta pelo Campeonato Paulista.

O gol em menos de um minuto não veio. No entanto, o ritmo de mais um rodízio do Corinthians acabou sendo mostrado na maior parte da semifinal. Nenhum atleta do Corinthians teve paz com a bola nos pés. A equipe rejuvenescida de Rogério Ceni se destacou contra a experiente equipe de Vitor Pereira.

A intensidade mostrada em campo vem sendo trabalhada desde quinta-feira, repetindo um padrão do São Paulo contra o Corinthians no Morumbi. Pela terceira vez com Rogério Ceni, o São Paulo aperta, não deixa o Timão respirar e sai vitorioso.

Alisson e Igor Gomes comemoram o gol do São Paulo contra o Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Há 17 anos, o time não vence três partidas consecutivas contra seus grandes rivais. O padrão desses três compromissos remete à intensidade do São Paulo que se mantém contra um Corinthians bem abaixo nesse quesito, sem competir.

– Durante a semana, sabíamos que a intensidade ia fazer a diferença, como realmente fez. Estamos trabalhando nisso – disse o lateral-esquerdo Welington, colocando em palavras o que a equipe demonstrou em campo neste domingo.

O termo foi escolhido por Alisson, outro para demonstrar como aquela intensidade sem a bola nos pés se tornou parte fundamental do trabalho que antecedeu o confronto de domingo.

– Eu citaria duas palavras: intensidade e união. O grupo é muito unido. Trabalhamos duro todos os dias, o Rogério exige muito de nós – disse o atacante, que fez o segundo gol.

O São Paulo de Rogério Ceni tem essa intensidade competitiva como principal característica, e jogos como este de domingo apenas reiteram essa percepção. É este Habs mais popular, com todos no mesmo ritmo, que chega à decisão de lutar pelo bicampeonato.

Rogério Ceni tem um plano e está sendo executado à risca.

“Vão para casa, o São Paulo está na final!” A voz da multidão

Mais uma vez, os encaixes promovidos pela comissão técnica do São Paulo fizeram explodir o jogo de bola do Corinthians. Pablo Maia, Igor Gomes, Rodrigo Nestor e Alisson dominaram o meio-campo e deixaram pouco espaço para Renato Augusto, Giuliano, Paulinho e companhia.

O ritmo mais rápido também fez a diferença com a bola nos pés. Afinal, só com um passe de primeira de Rodrigo Nestor, o São Paulo conseguiu romper as linhas coríntias, com Wellington recebendo um contra um e finalizando com precisão para o gol.

O ritmo em mais um rodízio do rival apareceu no segundo gol. Luciano esclareceu o jogo com um passe, Igor Gomes acelerou para Calleri, que cruzou e encontrou Alisson completamente livre.

Era um São Paulo moderno, disputando todos os espaços e superando um adversário talentoso, mas lento.

Rogério Ceni aplaude torcida no São Paulo x Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Em uma atuação segura, o grande erro veio do goleiro Jandrei. Bola fundamental nos pés para o desenvolvimento ofensivo do São Pauloo jogador se fez de bobo neste domingo, perdeu a bola para Jô e colocou o Corinthians de volta no jogo.

Uma classificação quase certa transformou os últimos minutos em um jogo mais tenso do que o necessário. A rotação ao longo de quase todo o jogo ficou para trás nesta jogada, que poderia ter mudado a história do ranking do São Paulo.

Jandrei hesitou com Jô na última parte do jogo — Foto: Marcos Ribolli

O São Paulo agora direciona todas as atenções para a decisão do Campeonato Paulista. Um congresso técnico a ser realizado na segunda-feira de manhã definirá as datas de decisão.

No entanto, de acordo com o plano pré-estabelecido do clube, o time se prepara para receber o Palmeiras na quarta-feira e decidir o troféu como visitante do final de semana.

Veja a coletiva de imprensa de Rogério Ceni após o São Paulo se classificar para a final do Paulista

Veja a coletiva de imprensa de Rogério Ceni após o São Paulo se classificar para a final do Paulista

O podcast ge São Paulo está disponível nas seguintes plataformas:

+ Assista: saiba tudo sobre o São Paulo na ge, na Globo e na sportv

— Foto: ge.globo

Leave a Reply

Your email address will not be published.