Alexandre Mattos revela desculpas do técnico e critica Cruzeiro no caso de Vitor Roque | cruzeiro

Um dos alvos da nota oficial do cruzeiroO técnico de futebol do Athletico-PR, Alexandre Mattos, concedeu entrevista à Globo, nesta quarta-feira, e deu sua versão e detalhes do imbróglio com o clube mineiro e o jovem atacante Vitor Roque. O dirigente considerou a posição do clube mineiro de incompetência administrativa.

“O que eu vejo é incompetência, amadorismo e eles querem justificar isso para os torcedores por meio de terceiros. Nada mais.”

Após o início do imbróglio, em que o cruzeiro não conseguiu concluir a negociação de renovação com o ataque e receber os 40 milhões de reais solicitados (mais o empréstimo do zagueiro Zé Ivaldo e do atacante Jajá), Mattos afirma que o clube mineiro solicitou ao Athletico-PR, no último domingo, a negociação do jogador.

– Houve um telefonema entre Petraglia, eu, Ronaldo e Paulo André quando informamos que havia juros, mas que não íamos pagar os R$ 40 milhões. Alguns minutos se passaram, Paulo André me enviou, via whatsapp, tenho isso aqui, uma proposta para pagar a parte do cruzeiroque detém apenas 45% dos direitos do jogador, 35% pertence ao América, 20% pertence ao jogador – na verdade, o próprio cruzeiro lá, não foi bom com a América.

Alexandre Mattos atuou como diretor de futebol do Atlético em 2020 — Foto: Divulgação/FGM

O que se dizia era uma proposta de 17 milhões de reais para o cruzeiro e isso daria ao todo cerca de 40 milhões de reais, mais Jajá e Zé Ivaldo emprestados com os salários pagos pelo Athletico e mais 10% de uma venda futura.

A contraproposta, segundo Mattos, foi rejeitada pelo Athletico-PR, pois o valor ultrapassaria os 24 milhões de reais, já que o time paranaense ainda teria que pagar um percentual ao América e ao próprio jogador.

– Dissemos a ele: “Ronaldo, entendemos sua necessidade, emprestamos os jogadores, como fazemos, mas não é possível pagar mais do que o valor da multa. Se eu te pagar 17 milhões, tenho que pagar o América e o menino proporcionalmente, e vai te dar mais de 40 milhões de reais, não é possível”.

Ainda segundo Alexandre Mattos, a direcção do futebol, através de Paulo André, ligou-lhe esta quarta-feira e pediu-lhe desculpa.

– Recebi a pouco tempo uma ligação do Paulo André pedindo desculpas pela nota, afirmando que era contra a nota. E que, segundo ele, o pessoal do futebol era contra. Era uma coisa pessoal fora do futebol

Assista: tudo sobre cruzeiro na ge, na Globo e na sportv

Mattos explicou que os primeiros contatos sobre uma possível negociação de Vitor Roque aconteceram durante uma reunião com Ronaldo e Paulo André, em Madri.

– Fui muito bem recebido, tenho um ótimo relacionamento com os dois, sou fã do Ronaldo, já o mencionei inúmeras vezes, e lá conversamos sobre futebol, cruzeiro. No dia 10, domingo, às 10h, Ronaldo disse: “Alexander, então quero vender o Roque por 40 milhões de reais e o empréstimo de Jaja e Zé Ivaldo”. que ia falar com o meu presidente, Petraglia. Aí falei com o presidente que me disse “vamos fazer uma contraproposta, não vamos dar valor, mas vamos conversar para entender”, explicou.

Vitor Roque – Athletico — Foto: José Tramontin/Athletico

Então, segundo Mattos, o Athletico-PR procurou André Cury para saber se Vitor Roque tinha interesse. Ele revelou que, assim como o dar trouxe neste domingo, que um clube do Rio Grande do Sul (Internacional) e um clube de São Paulo (Bragantino), estavam na briga pelo jogador.

– Liguei para o empresário André Cury, que trata das vendas, dos negócios do jogador, e ele me disse “Alexandre, o jogador está saindo. Ele vai para um clube de Porto Alegre ou São Paulo, não vou dizer o nome por questões éticas, mas ele vai sair”. Perguntei o porquê, o valor que eles iriam comprar e ele me disse que ia sair pela multa e eu perguntei “que multa?” e disse “A multa de R$ 24 milhões”. Então eu disse “oops, fato novo”. Falei com o presidente ‘Petraglia, eles querem 40, mas a multa é 24’ e ele disse ‘então negocie com eles, a gente paga a multa e empresta os jogadores’.

Alexandre Mattos acrescentou ainda que a multa está nos contratos a serem pagos. E explicou por que o Athletico-PR depositou os 24 milhões de reais na Justiça.

– André me disse que os clubes de negociação pagariam a multa de 24 milhões. A multa existe para a parte que descumprir o contrato honrar. Então se o cruzeiro dispensa o menino sem justificativa, o cruzeiro tem que pagar a multa. O menino informou cruzeiro domingo que exerceria esse direito unilateral de deixar o cruzeiro que ele recebeu e receberia em outro lugar. 24 milhões foram depositados. Importante: por que no tribunal? Porque o cruzeiro Eu não queria receber com calma, vamos colocar assim

A podcast ge cruzeiro está disponível nas seguintes plataformas:

Parceiro 5 Estrelas – Cruzeiro — Foto: Anúncio

Leave a Reply

Your email address will not be published.