Além dos reforços badalados, o Botafogo contratou mais de 20 atletas para o tempo B e base | botafogo

Patrick de Paula, Sauer, Victor Sá… O torcedor do Botafogo sabe bem os nomes de outros reforços que a equipe principal recebeu. Foram 12 caras novas para o grupo sob comando de Luís Castro. Não é pouca coisa, mas essa é só a parte da reformulação que está em andamento. Prova disso é que o clube contratou o dobro deste número para o tempo B a base.

Com menos holofote, a diretoria buscou mais de 20 atletas para as categorias inferiores. A grande janela foi alugada nos últimos dias da recém-criado hora B. Há ate estrangeiros, mas o foco foi em apostas do futebol nacional. Jogadores jovens que ganharam tem chance de emplacar em um clube grande do Brasil, e sobo os de uma organização com possibilidades internacionais.

Clube apresentou garotos para o sub-20 — Foto: Vítor Silva/BFR

O tempo B fazer Botafogo fé criada em tempo recorde. Isso porque o projeto é uma obsessão de John Textor, que quis promover quanto antes a troca de talento dos diferentes cantos da Eagle Holdings. Tanto que os jovens latino-americanos já chegaram, um para esta nova equipe e outro para o sub-20. Outros nomes das parcelas do investidor estão sob análise.

Semana antes do fechamento, a cúpula alvinegra recebida ou recado de que os planos não ficariam para depois, e o departamento de batedor se dividiu para mapear o mercado. O chefe do setor, Alessandro Brito, e os analistas Raphael Rezende e Brunno Nocce lideraram os exercícios. Mas de 40 nomes foram contratados, e 14 foram contratados em questão de dias.

Botafogo tem seis jogadores estrangeiros no elenco principal

Pelo perfil das atletas e pelo prazo apertado, a maioria dos acordos apresentados pela opção de compra. São apostas que o Botafogo avaliará se valem mais investimento. Apenas quatro chegaram em definitivo porque estavam sem contrato.

O tempo B de elenco para ontem de olho no Brasilei de Aspirantes, que começa em breve. Outros nomes chegarão nas duas janelas próximas a 2023 para início aos novos passos do projeto. Textor avisa que colocará esta equipe no Campeonato Carioca na próxima temporada.

Para uma base, o processo já está consolidado. O gerente Tiano Gomes segue à frente do departamento antes da SAF, com contribuições importantes para o profissional. Nos últimos tempos, ganhou o reforço dos novos analistas do clube para buscar reforços. Alguns garotos também foram contratados nesta janela. Os destaques são o colombiano Dylan Talero, o “novo Cristiano Ronaldo” de Textor, o goleiro Tomate, que virou notícia na Copinha deste ano.

  1. Amaral (meia – Jacuipense – demonstração)
  2. Bruno Leite (meia – Athletico – comentários)
  3. Daniel Cruz (atacante – Athletico – comentários)
  4. Darius Lewis (extremo – intercambio Eagle Holdings)
  5. Douglas (esquerdo-lateral – Resende – parecer)
  6. Jeffinho – Resende (atacante)
  7. JP Galvão (lateraldo – Vasco-esquerdo)
  8. Leandro (goleiro – livro no mercado)
  9. Marcelo (meia – livro no mercado)
  10. Maykon Douglas (volante – Atlético-GO – demonstração)
  11. Paulo Miranda (zagueiro – Red Bull avaliação)
  12. Vítor (lateral – livre no mercado)
  13. Wagner (atacante – Red Bull – avaliação)
  14. Wallison-lateral-direito – Red Bull – demonstração
  1. Brendo (meia – Resende – representação)
  2. Dylan Tal (atacante – Florida FC – avaliação)
  3. João Felipe – Resende – demonstração
  4. Leo Pedro – Resende (atacante)
  5. Mateus Peloggia (meia – Taubaté – comentários)
  6. Sérgio Mendonça (atacante – book no mercado)
  7. Tomate (goleiro – Andirá-AC – parecer)
  8. Vitor Hugo Sapata (meia – Taubaté – comentários)

O podcast do Botafogo está disponível nas seguintes plataformas

Assistir: sóbrio tudo o Botafogo no ge, na Globo e no sportv

Leave a Reply

Your email address will not be published.